Volto a repetir

Ainda bem

Ainda bem que hoje é sábado e não sexta-feira, e sabe por que estou dizendo ainda bem que é sábado? Hoje é dia 13, o número que deixa muita gente com medo de acontecer alguma coisa, é o algarismo do azar para a maioria das pessoas. Sei apenas de uma pessoa que se dá bem com o número 13, Zagallo. Para mim o número mais perfeito é o 8, não tem começo nem fim. Certo?
 

 

 

 

 

Vai ou racha

A primeira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior já foi para os ares: quem classificou, classificou, que não se classificou, não se classifica mais. Como era esperado, os catados dos confins do Brasil foram para o espaço – times em sua maioria montados em cima da hora –, ficando apenas os grandes. Agora vai ou racha, é vencer ou morrer. Perdeu um jogo, adeus muchachos e até 2019!

 

 

 

 

 

Não podem

Os times considerados favoritos não podem bobear, qualquer descuido vão para o espaço. Caso do Palmeiras, que para grande parte da crônica esportiva é o mais bem entrosado. Mas como o futebol prega peças incríveis, o Verdão tem que jogar sério, para não ser despachado. Vislumbro um adeus do time esmeraldino na segunda fase da Copinha.

 

 

 

 

Volto a repetir

O “fica, não fica” do técnico Reinaldo Rueda foi a “novela” mais chata e irritante dos últimos tempos nas esferas futebolísticas. A imprensa bairrista carioca fez uma tempestade num copo d’água só para promover o Flamengo. Não vi nada de bom no Urubu sob a direção técnica de Rueda. Você viu? Esse tal de Carpegiani também não é de nada.