Jorge Rauli é o 6º técnico com mais jogos na história do MAC

No Paulista da Série A-3, Rauli pode ultrapassar Urubatão “Calvo” Nunes (foto) e ficar no ‘Top Five’

Ídolo da torcida do Marília Atlético Clube (MAC), o técnico Jorge Augusto Rauli tem tudo para aumentar sua trajetória no Alviceleste, com a disputa do Campeonato Paulista da Série A-3 de 2018. Com 66 jogos no comando do Tigre, ele está na 6ª colocação dos treinadores que mais dirigiram a agremiação em seus 75 anos de história, empatado com Sílvio Acácio Silveira, que também possui as mesmas cinco passagens, sendo a última delas em 1997.

Indo para sua sexta passagem pelo MAC, Rauli leva uma pequena vantagem sobre Acácio no número de vitórias em 66 partidas (25 contra 24). O atual comandante ficou surpreso ao saber que está entre os seis treinadores com mais jogos na história do Marília. “Estar entre os dez já seria maravilhoso. Agora ser um dos seis primeiros é fantástico. Tenho um orgulho muito grande desta marca. Certamente o MAC foi o clube em que eu mais dirigi na minha carreira”, declarou Jorge, que é o técnico com mais partidas pelo clube no século 21.

No estadual do ano que vem, Jorge Rauli poderá se tornar o 5º maior em número de partidas na história maqueana, ultrapassando os 82 de Urubatão “Calvo” Nunes, que dirigiu o time em três oportunidades (1973 e duas em 1979). Para isso, terá que estar no banco de reservas em 17 dos 19 jogos da 1ª fase. “Gosto de desafios. Quero muito melhorar minha marca em um clube que eu tenho um carinho enorme”, comentou.

Mesmo que leve o Alviceleste à final do Paulista da Série A-3, Rauli chegaria a 90 partidas como técnico maqueano e não conseguiria passar Wilson Francisco Alves, o “Capão” (4º colocado), que possui 93 – última passagem em 1988.

Os três primeiros colocados no ranking de técnicos que mais dirigiram o MAC na história, passaram da “casa” dos 100 jogos. O líder é Norberto Lopes com 161 partidas e oito passagens pelo clube. Na 2ª posição aparece Florindo Alves com 139. Ele é considerado o “Sr. Alex Ferguson” do Marília, pois trabalhou pouco mais três anos consecutivos (27/09/1953 a 09/12/56). Em 3º lugar está Antônio Maria Pupo Gimenez, o “Cocó” (morreu em abril de 2016) com 119 jogos, o recordista em passagens pelo Alviceleste com nove.

 

Os 10 técnicos com mais jogos na história do MAC:

 

1º Norberto Lopes – 161

2º Florindo Alves – 139

3º Pupo Gimenez “Cocó” – 119

4º Wilson Francisco Alves “Capão – 93

5º Urubatão “Calvo” Nunes – 82

6º Jorge Rauli – 66

6º Sílvio Acácio Silveira – 66

8º Vail Mota – 63

9º Walter Miraglia – 59

 

9º Alfredo Sampaio “Alfredinho” – 59