Latam terá mais de mil voos extras na alta temporada

Às vésperas dos grandes fluxos da alta temporada, a Latam Brasil anunciou o incremento de sua malha aérea com mais de mil voos extras entre dezembro de 2017 e janeiro de 2018.

 

Às vésperas dos grandes fluxos da alta temporada, a Latam Brasil anunciou o incremento de sua malha aérea com mais de mil voos extras entre dezembro de 2017 e janeiro de 2018. A expectativa é que no período aquecido a aérea brasileira transporte cerca de seis milhões de passageiros.

A aérea prevê transportar 5 milhões de passageiros em voos domésticos e outro milhão em voos internacionais de e para o Brasil. Dos mais de mil voos extras, 650 operações irão contemplar as rotas nacionais, enquanto outros 400 voos visam destinos internacionais.

No Brasil, o remanejamento da malha pretende fortalecer rotas com destino ao Nordeste. Nas rotas internacionais, ganham frequências voos para as capitais sul-americanas, além de Madri, Milão, Miami e Orlando.

 

Alitalia amplia frequências

entre São Paulo e Roma

A Alitalia anunciou que continuará oferecendo frequências adicionais em 2018 na rota São Paulo-Roma. Desde o último dia 9 até 18 de março, a aérea conta com dez voos semanais entre as capitais paulista e italiana. Ao término desse período, a partir do dia 25 de março, a aérea oferecerá quatro operações adicionais, totalizando 11 voos semanais entre as cidades.

De acordo com a companhia italiana, a medida se deve à excelente receptividade do mercado aos três voos adicionais em operação atualmente. O serviço será realizado por aeronaves aeronaves Boeing 777-200ER (foto) com capacidade para 293 passageiros na seguinte configuração: 30 lugares na Classe Magnifica (executiva), 24 na Econômica Premium e 239 na Classe Econômica.

Os novos voos partirão de São Paulo às 19h55 com chegada a Roma às 12h10, às quartas, sextas, sábados e domingos. Na rota inversa, os voos decolam de Roma às 10h45 e chegam a São Paulo às 17h45 nos mesmos dias da semana.

 

Avião de combate brasileiro

surpreende Dubai Air Show

Uma das principais atrações do Dubai Air Show foi o avião de ataque ao solo e treinador avançado B-250 (foto acima). O modelo foi desenvolvido em parceria entre a brasileira Novaer e a árabe Calidus, com foco no mercado hoje dominado pelo também brasileiro, Super Tucano.

O B-250 foi projetado especificamente para realizar missões de combate de insurgência, suporte aéreo e inteligência, vigilância e reconhecimento, além de treinamento avançado. Em comparação com o Super Tucano, da Embraer, que se tornou o mais bem sucedido avião da categoria, o B-250 apresenta capacidade bélica superior, maior número de sensores e equipamentos que podem ser instalados, melhor relação nas acelerações e razões de subida, além de autonomia de até 12 horas.

O programa do B-250 teve uma duração de pouco mais de dois anos, o que pode ser considerado recorde no setor. “Concebemos, projetamos e fabricamos uma aeronave complexa e sofisticada, totalmente em fibra de carbono, e voamos o primeiro protótipo apenas 25 meses após o início dos trabalhos”, afirma Graciliano Campos, Diretor Presidente da Novaer.

A empresa apresentou também na Dubai Air Show a aeronave T-Xc Sovi, na versão de treinamento militar primário/básico.

 

Cervejaria Colorado ganha

espaço no Santos Dumont

Em novembro, o aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, inaugurou novas lojas e quiosques em seu terminal. Dentre comércio de roupas e cafés, o viajante que passar pelo equipamento poderá até mesmo provar um copo da premiada cervejaria Colorado.

 

Original de Ribeirão Preto, em São Paulo, a Colorado e suas receitas artesanais com ingredientes brasileiros como rapadura e castanha do Pará caíram no gosto dos amantes de cerveja, bares foram abertos na capital paulista e agora a empresa leva um quiosque para a área restrita do Santos Dumont, próximo do portão 4.