Tesla lança caminhão, mas carro de aceleração mais rápida rouba a cena

A Tesla revelou finalmente seu caminhão elétrico de grande porte, que pode ter direção autônoma, colocando a empresa em um novo mercado. Mas o presidente da empresa Elon Musk guardou uma surpresa para o mesmo evento, que acabou roubando a cena: o novo Roadster. O esportivo foi o primeiro modelo da Tesla e ganhará um "upgrade" que o colocará como o carro mais rápido do mundo em aceleração. De acord

A Tesla revelou finalmente seu caminhão elétrico de grande porte, que pode ter direção autônoma, colocando a empresa em um novo mercado. Mas o presidente da empresa Elon Musk guardou uma surpresa para o mesmo evento, que acabou roubando a cena: o novo Roadster.

O esportivo foi o primeiro modelo da Tesla e ganhará um "upgrade" que o colocará como o carro mais rápido do mundo em aceleração. De acordo com a fabricante, ele será capaz de ir de 0 a 96 km/h em 1,9 segundo.Essa marca supera o próprio Tesla Model S P100D, o híbrido Porsche 918 Spyder e o Bugatti Chiron - todos com desempenho acima de 2 segundos.

O novo Tesla Roadster ainda é conversível e tem outra característica impressionante: uma carga de bateria dura cerca de 1.000 km."Você poderá ir e voltar de Los Angeles a São Francisco em velocidade de autopista sem recarga", afirmou Musk."O objetivo disso é dar um golpe final nos carros a gasolina. Dirigir um esportivo a gasolina vai parecer um motor a vapor."

Caminhão

Musk não deu informações sobre o preço do caminhão, nem onde ele será produzido, mas afirmou que a produção começará em 2019. A reserva poderá ser feita por US$ 5 mil.

O veículo pesado será capaz de levar até 36 toneladas e percorrer 800 km com uma carga de bateria, o que ainda é metade do que os modelos a diesel dos EUA podem andar atualmente.

O presidente da Tesla afirmou que o custo por quilômetro será até menor que o transporte por ferrovia, já que os modelos autônomos poderão andar em comboio e apenas o primeiro da fila precisaria de um motorista na cabine.

Outra inovação é o desenho da cabine: o assento do motorista fica no centro, em vez de em um dos lados, mais perto do para-brisa panorâmico, onde ele pode ter uma visão melhor do caminho.Além disso, o interior tem espaço suficiente para ficar em pé e caminhar.

Os caminhões elétricos da Tesla são o próximo esforço para afastar a economia dos combustíveis fósseis, com projetos que incluem carros elétricos, tetos solares e armazenamento de energia.