Polícia Rodoviária intercepta carreta com 450 mil maços de cigarros do Paraguai

Um motorista, de 28 anos, foi preso por policiais militares rodoviários acusado do crime de contrabando na noite de quinta-feira (23) na rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Bernardino de Campos (cerca de 145 quilômetros de Marília). Ele foi flagrado transportando 450 mil maços de cigarros oriundos do Paraguai em uma carreta. De acordo com informações da Polícia Militar Rodoviária, por volta das 19

Um motorista, de 28 anos, foi preso por policiais militares rodoviários acusado do crime de contrabando na noite de quinta-feira (23) na rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Bernardino de Campos (cerca de 145 quilômetros de Marília). Ele foi flagrado transportando 450 mil maços de cigarros oriundos do Paraguai em uma carreta.

De acordo com informações da Polícia Militar Rodoviária, por volta das 19 horas, durante fiscalização de rotina na altura do quilômetro 333 da rodovia, os policiais abordaram um Scania, placas de Praia Grande (SP) e suspeitaram do nervosismo do motorista.

Ao checar a carga foram encontradas 900 caixas de cigarros sem documentação fiscal. O motorista, que deixou a cadeia há cinco dias pelo mesmo delito, alegou que entregaria a mercadoria a uma pessoa desconhecida na capital paulista e receberia R$ 4 mil pelo trabalho.

O motorista foi trazido para a Delegacia de Polícia Federal (PF) de Marília, indiciado em flagrante pelo crime de contrabando e recolhido para cadeia na região. A pena pode chegar até cinco anos de prisão em regime fechado, além do pagamento de multa.