PM flagra desempregado com drogas na favela da Vila Barros

O desempregado Claudinei Belo Robles, de 34 anos, foi preso por policiais militares da Força Tática acusado do crime de tráfico de entorpecentes no final da noite de quinta-feira (23) na favela da Vila Barros, na zona Norte da cidade. Ele foi flagrado com porções de cocaína e maconha. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), por volta das 23h30, uma denúncia anônima delatou que criminoso

O desempregado Claudinei Belo Robles, de 34 anos, foi preso por policiais militares da Força Tática acusado do crime de tráfico de entorpecentes no final da noite de quinta-feira (23) na favela da Vila Barros, na zona Norte da cidade. Ele foi flagrado com porções de cocaína e maconha.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), por volta das 23h30, uma denúncia anônima delatou que criminosos envolvidos numa tentativa de homicídio ocorrida na madrugada de quinta-feira na favela estariam escondidos num imóvel na rua Delfim Moreira.

Ao iniciar patrulhamento pelo local indicado na favela, os policiais militares surpreenderam o acusado deixando uma das vielas em atitude suspeita com uma sacola em mãos. Ao notar a aproximação da viatura, o desempregado fugiu para a favela, mas foi perseguido e abordado na porta de sua residência.

Na sacola, os policiais militares localizaram 200 pinos de cocaína e 22 tubos plásticos vazios. Cão Farejador auxiliou pelas buscas no imóvel e na varredura encontrou mais 254 pinos da droga e 204 trouxinhas de maconha.

Robles foi indiciado em flagrante pelo crime de tráfico de entorpecentes e recolhido para a penitenciária de Marília. Em caso de condenação, o desempregado pode pegar uma pena de até 15 anos de reclusão em regime fechado.