Sindicato dos Motoristas avalia proposta de reajuste de 9,83%

O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários e Urbanos de Marília e Região realizou, no período da tarde de ontem, assembleia para apresentar uma nova proposta das empresas para a categoria. De acordo com o presidente do sindicato, Aparecido Luiz dos Santos, os trabalhadores já estão na terceira rodada de negociações com as empresas de transporte da região. Inicialmente, a categoria pe

O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários e Urbanos de Marília e Região realizou, no período da tarde de ontem, assembleia para apresentar uma nova proposta das empresas para a categoria. De acordo com o presidente do sindicato, Aparecido Luiz dos Santos, os trabalhadores já estão na terceira rodada de negociações com as empresas de transporte da região. 

Inicialmente, a categoria pedia reajuste de 15%, tíquete de R$ 400, recomposição salarial de R$ 514 para motorista/cobrador e 40% do salário de motorista como Participação nos Lucros. As empresas haviam apresentado proposta de 7%, no entanto, na última rodada de negociações, segundo o secretário geral do sindicato, Josué Domingues de Mattos, as empresas cederam e ofereceram aumento de 9,83% - índice semelhante à inflação para o período, além de tíquete de R$ 220, Participação nos Lucros de R$ 765 e dupla função de R$ 100.

“A partir de agora, estamos colhendo assinaturas para ver qual é a posição dos trabalhadores. Se a proposta for recusada, iremos tentar mais uma rodada de negociação antes de recorrermos ao Ministério do Trabalho”, afirmou o sindicalista.