Saúde traz curso sobreprevenção ao abuso sexual infantil

Marília recebe nesta quinta-feira (9) por iniciativa da Secretaria Municipal da Saúde, a pedagoga e educadora Caroline Arcari, fundadora e presidente do Instituto Cores. Ela atua como consultora na área de Educação Sexual e Enfrentamento da Violência Sexual Infantojuvenil para instituições públicas e privadas. O objetivo, na cidade, é o treinamento de profissionais que trabalham com crianças e ado

Marília recebe nesta quinta-feira (9) por iniciativa da Secretaria Municipal da Saúde, a pedagoga e educadora Caroline Arcari, fundadora e presidente do Instituto Cores. Ela atua como consultora na área de Educação Sexual e Enfrentamento da Violência Sexual Infantojuvenil para instituições públicas e privadas. O objetivo, na cidade, é o treinamento de profissionais que trabalham com crianças e adolescentes. A violência contra os menores, em geral, devem ser notificadas à Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde. A maioria das vítimas pede socorro direta ou indiretamente a um ou mais profissionais das áreas de Saúde, Educação ou Assistência Social.
Por isso a importância dos profissionais saberem identificar estes sinais. Em 2016, a Secretaria Municipal de Saúde registrou 83 notificações de violências, das quais 35 de abuso sexual. Em 2015 foram 42 registros desse tipo de violação.
O curso será realizado no Alves Hotel, para profissionais dos programas ESF (Estratégia Saúde da Família), Nasf (Núcelo de Apoio ao Programa Saúde da Família), instituições e serviços como Projeto Guri, Cras, Creas, Cacam, Casa do Pequeno Cidadão, Conselho Tutelar, Unimar, Famema, HMI, Santa Casa, Gota de Leite, DRS, Secretaria de Direitos Humanos, Cejusc, Filantrópica e Secretaria Municipal de Educação.
Caroline Arcari fará uma abordagem sobre a “Metodologia de Prevenção da Violência Sexual na Infância e Adolescência”. O encontro é organizado pela área de Atenção à Saúde da Criança, com apoio do Nepem (Núcleo de Educação Permanente).

QUEM É CAROLINE
Caroline Arcari é pedagoga e educadora sexual, especialista em Educação Sexual pelo Cesex (Centro de Sexologia de Brasília) e mestre em Educação Sexual pela Unesp (Universidade Estadual Paulista). É presidente do Instituto Cores e palestrante convidada de importantes congressos nacionais e internacionais da área da sexualidade humana. Seu trabalho junto ao Instituto Cores já formou mais de 20 mil educadores em diversos municípios brasileiros e seus projetos beneficiaram mais de 250 mil alunos da rede pública desde 2006. Escritora do livro Pipo e Fifi, seus trabalhos já foram premiados pela Unicef, Fundação Abrinq, Save the Children.
Consultora na área de Educação Sexual e Enfrentamento da Violência Sexual infantojuvenil para instituições públicas e privadas de educação, saúde e promoção social, a autora já prestou consultorias e revisão para Canal Futura, Childhood, Unicef, Revista Nova Escola, Revista Mestre, Revista Projetos Escolares, entre outros.