Espetáculo celebra os 30 anos do Núcleo de Artes Cênicas do SESI-SP

Hoje e amanhã, às 20h, o NAC - Núcleo de Artes Cênicas do SESI Marília leva ao palco da unidade local a peça "O Mambembe" que conta a saga de uma trupe teatral que viaja pelo interior do Brasil, contornando situações inusitadas, trazendo à tona, de forma satírica, questões como a banalização da profissão do ator e as dificuldades de se fazer teatro no País.

Hoje e amanhã, às 20h, o NAC - Núcleo de Artes Cênicas do SESI Marília leva ao palco da unidade local a peça "O Mambembe" que conta a saga de uma trupe teatral que viaja pelo interior do Brasil, contornando situações inusitadas, trazendo à tona, de forma satírica, questões como a banalização da profissão do ator e as dificuldades de se fazer teatro no País.

Com texto de Arthur de Azevedo, direção e adaptação de Kleber Lourenço, “O Mambembe” é centrado nas personagens Laudelina, mocinha que deseja ser atriz, e Frazão, o empresário do grupo mambembe. Paródia de melodramas, crítica ao descaso dos governantes para com a arte dramática, uma verdadeira sátira dos costumes interioranos, o espetáculo traz aos palcos tipos cômicos irresistíveis e números musicais.

Apesar ter sido escrito em 1904, o texto retrata a realidade de muitos artistas na atualidade: os atores passam por todas as dificuldades e contrariedades para atrair público, ficam sem dinheiro e lugar para dormir, e, como se nada mais pudesse acontecer, são submetidos às vontades de um político corrupto. As situações difíceis enfrentadas pelos personagens representam uma espécie de hino de amor ao teatro.

A trupe, que viaja o Brasil inteiro para apresentar suas peças, ilustra todas as intempéries advindas da profissão. Em uma composição divertida e animada, o espetáculo traz por meio dos seus personagens-atores a essência do fazer teatral universal, conectando o passado e o presente em uma homenagem ao teatro popular brasileiro.

A peça faz parte do trabalho coletivo do Núcleo de Artes Cênicas (NAC) do SESI Marília, sob direção de Kleber Lourenço, orientador de Artes Cênicas do SESI-SP, e está dentro da programação do Cena Livre, temporada de espetáculos dos NACs que traz, este ano, o tema Portas Abertas.

“À frente do trabalho com os alunos/atores do NAC Marília percebo que o meu processo de criação se inicia no encontro com o outro. Encontrar o outro significa estar disponível à escuta e aberto aos desejos que brotam das turmas que se formam a cada ano, com suas individualidades e potências. Nestes dois anos de trabalho como orientador é assim que tem sido: encontros, passagens e permanências, em um somatório de desejos e conflitos que se transformam em cena”, ressalta o orientador.

Assim como nas temporadas passadas, o Cena Livre traz à tona a liberdade de experimentação, em uma composição interdisciplinar que só o teatro amador pode oferecer.

Duração: 60 minutos. Não recomendado para menores de 14 anos. Os ingressos, que podem ser reservados antecipadamente pelo Meu SESI (www.sesisp.org.br/meu-sesi), serão distribuídos 1 hora antes do início do espetáculo. Com capacidade para 130 lugares (4 para cadeirantes), o Teatro do SESI Marília, localizado na Av. João Ramalho, 1306 - Jardim Conquista. Mais informações: tel. 3401-1500.

 

Com 30 anos de existência, o Núcleo de Artes Cênicas é um dos mais expressivos programas de formação em cultura do SESI-SP. Atende mais de 6 mil alunos por ano, atuando na promoção da qualidade de vida em cursos para adultos, na orientação de jovens estudantes de teatro e na expansão da criatividade infantil por meio da vivência teatral. São ao todo 21 unidades, espalhadas em 18 cidades em todo Estado, entre elas a de Marília.