Mariliense recebe convocação para Mundial de Halterofilismo e disputa hoje o Brasileiro

Eduardo Arenas é o favorito para o título nacional no aparelho “terra”

Convocado esta semana para representar o País no Campeonato Mundial de Halterofilismo em Las Vegas (EUA), em novembro, o mariliense Eduardo Solla Arenas Junior disputa hoje, a partir das 14h, em Novo Horizonte, o Brasileiro para Deficientes Físicos, na categoria até 100 quilos. O atleta é o favorito no aparelho “terra”, tendo o recorde brasileiro de 270 kg e também irá participar do “supino”.

“Claro que eu vou para ser campeão, mas a gente nunca sabe se novos competidores podem aparecer e dificultar as coisas. Estou bem confiante, acho que consigo pelo menos igualar o recorde nacional no terra. Já no supino tentarei a marca dos 200 kg, que pode me dar também o 1º lugar”, explicou.

Arenas começou a disputar as competições para deficiente nesta temporada, depois que perdeu a artéria principal da perna direita. Ele teve que colocar uma veia no lugar. Além disso tem o ligamento do peitoral rompido. O mariliense deverá representar a cidade nos Jogos Abertos, que devem acontecer em outubro, ainda sem cidade definida. “O halterofilismo vai estrear nos Abertos e a partir do ano que vem, estará também nos Jogos Regionais”, lembrou.

Sobre o chamado para disputar o Mundial no Estados Unidos, Eduardo Arenas acredita que não poderá participar. “Infelizmente terei que custear com todas as despesas e está muito difícil de conseguir patrocinadores. Ainda não vou dizer que estou 100% fora, mas as chances de adquirir verba são remotas”, destacou.

 

O mariliense recebe o patrocínio da Unimar, da Equip Sport, da Academia Boa Forma e da Unitrauma, além do apoio da Secretaria de Esportes e Lazer (SEL). “Quero agradecer também o Lecão (Alecssandro Ramos, técnico de atletismo) e o ortopedista Carlos Henrique Reis por me incentivarem no esporte”, finalizou.