Hyundai Creta ultrapassa a marca de 15 mil unidades comercializadas no País

O Hyundai Creta acaba de atingir a marca de 15.075 unidades comercializadas no Brasil. Esse resultado é alcançado apenas cinco meses após o início de suas vendas, que começaram em 14 de janeiro, e confirma a previsão da montadora para os volumes mensais do modelo, sempre na casa dos 3 mil carros. Em maio, o utilitário da Hyundai registrou o emplacamento de 3.751 carros, de acordo com dados da Fena

O Hyundai Creta acaba de atingir a marca de 15.075 unidades comercializadas no Brasil. Esse resultado é alcançado apenas cinco meses após o início de suas vendas, que começaram em 14 de janeiro, e confirma a previsão da montadora para os volumes mensais do modelo, sempre na casa dos 3 mil carros.

Em maio, o utilitário da Hyundai registrou o emplacamento de 3.751 carros, de acordo com dados da Fenabrave - Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, assegurando, pelo segundo mês consecutivo, a vice-liderança no segmento de SUVs compactos, com 15,9% de participação de mercado.

“Em menos de cinco meses, o Hyundai Creta se tornou uma referência na categoria de SUVs compactos. Esse reconhecimento é comprovado pelas diversas vitórias em comparativos realizados por respeitadas publicações do setor e pelo sucesso nas vendas junto aos clientes finais, uma vez que nenhuma unidade foi vendida para locadoras”, afirma Angel Martinez, diretor-executivo de Vendas & Marketing da Hyundai Motor Brasil. “Os números refletem a preferência dos nossos clientes, que encontram no Hyundai Creta espaço interno e porta-malas entre os maiores da categoria, itens de conforto exclusivos, garantia de cinco anos e revisões com preço altamente competitivo”, completa o executivo.

Produzido na mesma fábrica do HB20, em Piracicaba (SP), o Creta representa, atualmente,20% do volume total, correspondendo de 3 mil a 3,5 mil unidades mensais, dentro de uma capacidade instalada de 180 mil unidades por ano, operando desde setembro de 2013, em três turnos. O volume total de produção, antes 100% dedicado à linha HB20, agora é estrategicamente distribuído entre os dois modelos.