Marília elimina algoz nos pênaltis e está na final da Copa TV Record

Pela 5ª vez em nove edições disputadas, a equipe SEL/Marília está na final da Copa TV Record de Futsal Feminino. Na noite da última quarta-feira, no ginásio municipal de Ourinhos, as meninas eliminaram Santa Cruz do Rio Pardo (campeã de 2016) na semifinal, após vencerem nos pênaltis por 3 a 1. No tempo normal o confronto terminou em 3 a 3. Santa Cruz abriu o placar no primeiro tempo e as mariliens

Pela 5ª vez em nove edições disputadas, a equipe SEL/Marília está na final da Copa TV Record de Futsal Feminino. Na noite da última quarta-feira, no ginásio municipal de Ourinhos, as meninas eliminaram Santa Cruz do Rio Pardo (campeã de 2016) na semifinal, após vencerem nos pênaltis por 3 a 1. No tempo normal o confronto terminou em 3 a 3.
Santa Cruz abriu o placar no primeiro tempo e as marilienses empataram com Gi. Na etapa final, Marília passou a frente no marcador com gol de Carol. Minutos depois veio o empate adversário. O time comandado pelo técnico Marinho ficou novamente em vantagem com Taís, mas no fim sofreu a igualdade. Nas penalidades, a equipe SEL converteu as três cobranças, enquanto as rivais fizeram apenas um e duas batidas.
O time de Santa Cruz do Rio Pardo conquistou há alguns dias o 4º título da Copa TV TEM e vem sendo uma ‘pedra no sapato’ das meninas de Marília. As equipes fizeram as finais da Copa TV TEM e Record em 2016 e o adversário ficou com os dois ‘canecos’. Na decisão pelo título desta temporada, as comandadas de Marinho vão enfrentar Ourinhos, que goleou Itatinga na outra semifinal por 12 a 1. O local e o dia ainda não foram definidos pela organização.
Ourinhos eliminou Marília na semifinal da Copa TV TEM deste ano e foi vice-campeã (perdeu para Santa Cruz). A Copa TV Record está em sua 10ª edição e a equipe SEL só não participou em 2013. Os dois únicos títulos conquistados foram nas duas primeiras (2008 e 2009). Em 2010 a eliminação foi nas quartas de final. Em 2012, 2014 e 2015 caiu na semifinal. Nas finais de 2011 e 2016 derrotas para Botucatu e Santa Cruz do Rio Pardo, respectivamente.