Dise prende dupla por tráfico na favela do “Risca Faca”

O pintor Junior Aparecido da Silva e o servente de pedreiro Márcio Tiago Andrade de Souza, ambos com 25 anos, foram presos numa ação da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) na manhã de ontem (17) na favela do “Risca Faca”, na zona Sul da cidade. A dupla foi flagrada com porções de crack e quantia em dinheiro. Segundo o delegado titular da delegacia especializada em narcóticos, as

O pintor Junior Aparecido da Silva e o servente de pedreiro Márcio Tiago Andrade de Souza, ambos com 25 anos, foram presos numa ação da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) na manhã de ontem (17) na favela do “Risca Faca”, na zona Sul da cidade. A dupla foi flagrada com porções de crack e quantia em dinheiro.

Segundo o delegado titular da delegacia especializada em narcóticos, as investigações apontaram que Silva comandava uma “biqueira” de drogas na favela e contava com apoio de várias outras pessoas para o comércio, entre elas Souza.

Na manhã de ontem, por volta das 11 horas, os policiais civis monitoraram o local e flagraram a dupla participando de uma negociação de drogas para um usuário.

Na sequência, os investigadores detiveram o servente de pedreiro numa das vielas a favela. Ele tentou fugir e dispensou 11 pinos de crack no trajeto. Já o pintor foi detido em sua residência na rua Mário de Oliveira. Com Silva, os policiais civis apreenderam R$ 375 em dinheiro provenientes do comércio de drogas.

A dupla foi indiciada em flagrante por tráfico de entorpecentes e associação criminosa, e recolhida para a penitenciária de Marília. Em caso de condenação, eles podem pegar uma pena de até 25 anos de prisão em regime fechado.