Diretor de "O Exorcista" fará documentário sobre o assunto

Com mais de 50 anos de carreira, William Friedkin está prestes a voltar ao seu filme mais famoso: "O Exorcista". Desta vez, padres e forças do mal se confrontam em formato documentário.

Com mais de 50 anos de carreira, William Friedkin está prestes a voltar ao seu filme mais famoso: "O Exorcista". Desta vez, padres e forças do mal se confrontam em formato documentário.

O cineasta vai dirigir The Devil and Father Amorth , uma comparação de sua ficção de 1973 com cenas "reais" de exorcismos que ocorreram pelo país. Esta é uma estranha premissa, como se o clássico estivesse submetido a um teste de credibilidade, mas Friedkin explica que o filme vai expandir o seu interesse pelo tema:

"Eu nunca deixei de me fascinar com a natureza do bem e do mal, e as possibilidades de possessão demoníaca. A oportunidade de testemunhar e filmar um exorcismo real surgiu mais de quatro décadas depois de O Exorcista , por acidente" .

 

De fato, Friedkin recebeu a permissão do padre Amorth para filmar seus procedimentos de exorcismo. Estas experiências foram brevemente relatadas pelo diretor em um artigo escrito, e agora serão retratadas no documentário