Seis atletas do MAC vão defender o Audax Rio na 2ª Divisão do Carioca

Seis jogadores que defenderam o Marília Atlético Clube (MAC) no Campeonato Paulista da Série A-3, vão disputar o Carioca da 2ª Divisão pelo Audax Rio. O ex-técnico maqueano Luciano Quadros, que trabalhou na equipe do Rio de Janeiro em 2016 (chegou até a semifinal), levou: os zagueiros Romário e Alessandro Lopes, e o atacante Felipe André, além dos volantes Juninho Ortega e Wallace Rato, e o atacan

Seis jogadores que defenderam o Marília Atlético Clube (MAC) no Campeonato Paulista da Série A-3, vão disputar o Carioca da 2ª Divisão pelo Audax Rio. O ex-técnico maqueano Luciano Quadros, que trabalhou na equipe do Rio de Janeiro em 2016 (chegou até a semifinal), levou: os zagueiros Romário e Alessandro Lopes, e o atacante Felipe André, além dos volantes Juninho Ortega e Wallace Rato, e o atacante Borebi, que atuaram na agremiação na temporada passada.

Quem também está perto do acerto com o Audax Rio é o atacante Du Gaia. “Ele também tem uma proposta de um time do Nordeste, que disputará o Brasileiro da Série D”, afirmou o diretor de futebol do MAC, Rodrigo Ortega.

O dirigente confirmou também que o meia-atacante Matheus Marcondele, artilheiro maqueano na Série A-3 com cinco gols, tem proposta de três clubes para o segundo semestre. O jogador nasceu em Marília e veio emprestado até o final de 2017 pelo Vasco, onde tem mais dois anos de contrato.

“Não vamos atrapalhar a carreira do Matheus. Por isso vamos liberá-lo. Uma das propostas por ele veio da Ponte Preta e as outras duas de equipes que vão disputar a Série B do Brasileirão”, comentou. Apesar do atleta ter contrato com o Vasco, o Marília possui 20% dos direitos econômicos de Marcondele.

Categoria de base

Duas equipes de base do Marília Atlético Clube (MAC) jogam hoje pela manhã (sexta-feira), a partir das 9h, no estádio Bento de Abreu (entrada gratuita), contra o José Bonifácio, pela 3ª rodada do Campeonato Paulista. O sub-15 está invicto e na liderança do Grupo 1, com quatro pontos e irá enfrentar o lanterna (zero). Já o sub-17 maqueano está na penúltima posição (1 ponto) e encara o último colocado (zero).

O sub-20 do Maquinho vai estrear no Estadual somente no dia 6 de maio (sábado), às 15h, diante do Catanduvense, em Catanduva. O primeiro jogo no estádio Bento de Abreu será no dia 12, contra o Comercial. No grupo maqueano estão também: Noroeste, Olímpia, Penapolense, Votuporanguense, Botafogo, Batatais, Matonense e Novorizontino. Nesta 1ª fase todos jogarão entre si em dois turnos e os quatro primeiros colocados se classificam para as oitavas de final.