Animação Brichos é atração no Ponto MIS

Acompanhando as aventuras de um trio de animais adolescentes (um jaguar, um quati e um tamanduá) num universo formado pela fauna brasileira, convivendo de forma harmoniosa numa cidade semelhante à dos humanos.

Acompanhando as aventuras de um trio de animais adolescentes (um jaguar, um quati e um tamanduá) num universo formado pela fauna brasileira, convivendo de forma harmoniosa numa cidade semelhante à dos humanos, a Vila dos Brichos, a animação Brichos (Brasil, 2007) é um dos filmes em cartaz hoje, às 14h na sessão semanal reservada pelo Cine Cultura para filmes do Ponto MIS (Museu da Imagem e do Som).

O jaguar Tales, o quati Jairzinho e o tamanduá Bandeira são típicos adolescentes: criam confusões na escola, adoram jogos de computador, acham os pais caretas e acreditam que sabem de tudo. Porém eles não são humanos e sim animais, respectivamente um jaguar, um quati e um tamanduá. Eles moram na Vila dos Brichos, um local que reúne diversas espécies da fauna brasileira. Porém, quando resolvem criar um "lutador perfeito" para que possam vencer em um campeonato de videogame, eles descobrem a verdade sobre o passado da vila e de seus moradores, além de um segredo existente no interior da floresta. Direção: Paulo Munhoz. Duração: 77 minutos.

Brichos 2

Em Brichos 2 - A Floresta é Nossa (Brasil, 2012), animação também dirigida por Paulo Munhoz que completa a sessão do Ponto MIS desta terça, o jaguar Tales e o quati Jairzinho estão de férias na Floresta da Vila dos Brichos, conhecida internacionalmente como Brainforest. Ao mesmo tempo o tamanduá Olavo e seu filho Bandeira vivem aventuras no deserto de Noforest, enquanto o pequeno joão-de-barro Dumontzinho passa por um intercâmbio estudantil em Iceforest. Os amigos levam suas respectivas aventuras até que os vilões Mr. Birdestroy e Al Corcova, aliados a Ratão, tentam convencer todos a cederem a floresta em nome de uma suposta modernidade. Sem alcançar o objetivo, Birdestroy e Corcova resolvem tomar o lugar usando a força bruta.

A idéia de Brichos nasceu a partir da criação de um grupo de personagens baseado na fauna brasileira, criado por Paulo Munhoz e Antônio Éder. A palavra brichos tem como significado "bichos brasileiros". Em sua versão brasileira, a animação conta com as vozes de Marcelo Tas, Fabiula Nascimento, Antonio Abujamra, André Abujamra e outros. Duração: 83 minutos.

 

PONTO MIS - Em Marília, a parceria do o Museu da Imagem e do Som - MIS com a Prefeitura Municipal, através da Secretaria da Cultura, tem como ponto de difusão audiovisual, com entrada franca, a Sala de Projeção “Emílio Peduti Filho” (Clube de Cinema), localizada na av. Sampaio Vidal, 245 - piso superior da Biblioteca Municipal (entrada pela av. Rio Branco - Museu de Paleontologia). Mais informações: tel. 3402-6600, ramal 6616.