Consumidor já antecipa compra de peixe

Desde o início da semana supermercados e peixarias da cidade registraram aumento na procura por peixes frescos ou salgados. Muitos consumidores preferem programar o almoço de Sexta-feira Santa com antecedência para poder pesquisar preços e economizar. Ontem nas duas lojas do Tauste o movimento era grande de consumidores em busca de bacalhau e peixes salgados. Um funcionário foi designado exclusiva

Desde o início da semana supermercados e peixarias da cidade registraram aumento na procura por peixes frescos ou salgados. Muitos consumidores preferem programar o almoço de Sexta-feira Santa com antecedência para poder pesquisar preços e economizar.
Ontem nas duas lojas do Tauste o movimento era grande de consumidores em busca de bacalhau e peixes salgados. Um funcionário foi designado exclusivamente para cortar o bacalhau em postas para os clientes.
Alguns consumidores acharam o preço do bacalhau adequado e outros preferiram optar por outros peixes similares. “Achei o preço do bacalhau de melhor qualidade muito caro. Então vou comprar as lascas do peixe tipo bacalhau, que é salgado e mais em conta”, disse a dona de casa Rosa Maria de Souza.
A dona de casa Jaine Rodrigues, também optou pelas lascas salgadas. Ela vai fazer no forno com batatas e azeitonas. “Geralmente compro em postas mas esse ano vou economizar”, disse.
PEIXES FRESCOS
Quem prefere peixes frescos no cardápio também já está buscando as peixarias e supermercados. Ricardo Sakai, proprietário da Peixaria Sakai, disse que o movimento aumentou desde segunda-feira. Na Semana Santa a peixaria registra aumento de até 30% maior que os dias normais.
O proprietário espera movimento maior hoje e amanhã, quando a peixaria abre até meio dia. Sakai disse que os peixes mais procurados são sardinha, file de merluza, pintado e pacu. Para quem vai fazer em molho os mais indicados são o pintado e o cação.