Sieeesp apoia o movimento Escolas Abertas

 

O Sieeesp – Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de São Paulo – sempre apoiou todos os movimentos, como Escolas Abertas, Ciência pela Reabertura das Escolas, Pediatras de Bauru, o Escolas Já, A Nova Volta às Aulas, Lugar de Criança é na Escola, Escolas em Movimento, entre tantos outros, não só na cidade de São Paulo como, também, em outras cidades (Bauru, Sorocaba etc.) e estados, sem qualquer discriminação, sempre apoiando e divulgando suas ações, manifestos e abaixo-assinados. Isto porque o Sieeesp sempre entendeu, defendeu, e defende, assim como pais e mães, que escola é um serviço essencial. E, por isso, “entramos com várias ações na Justiça e formamos ao lado das famílias, e de todos os movimentos que pedem a abertura das escolas, pois as crianças estão sofrendo confinadas em casa e lugares impróprios, com aumento da violência, obesidade, doenças e transtornos psicológicos. A cada dia que passa a situação se agrava ainda mais, para todos os alunos, sejam da escola pública ou particular: todos sofrem”, afirma o presidente do Sieeesp, Benjamin Ribeiro da Silva. Não corresponde à verdade a insinuação veiculada pela Revista Veja São Paulo, em redes sociais, em uma referência ao Sieeesp, de que o “.... sindicato afirma que a ideia é de escolas de elite”, em texto com título igual a artigo da própria revista - “A favor de volta às aulas, grupo de mães processa prefeitura e estado”, de 8/1/2021, Terraço Paulistano), que fala de um movimento Aulas Abertas [sic] que, na verdade, é o Escolas Abertas. Ao contrário do que alega o mesmo artigo da própria revista, o Sindicato não é autor, não publicou qualquer nota em nome da instituição ou de sua diretoria, dizendo que a ideia seria de escolas de elite. O Sieeesp, ao lado de todas as escolas do Estado de São Paulo, sempre apoiou e apoia o movimento Escolas Abertas desde o princípio, e repudia essas insinuações, que só prestam um mal serviço à Educação.