SAP confirma evasão de 33 presos na saidinha de fim de ano

Prazo para regresso para as unidades prisionais de Marília terminou na terça-feira (5)

Por Matheus Brito / Foto: Edio Junior

A Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) confirmou que 33 presos beneficiados pela saída temporária de Natal e Ano Novo não retornaram para as unidades prisionais de Marília dentro do prazo estabelecido pela Justiça.

O benefício da saidinha teve início no dia 22 de dezembro e se estendeu até o dia 5 de janeiro. A penitenciária de Marília deu liberdade a 445 presos e 31 não regressaram dentro do prazo, um índice de evasão de 6,97%.

Já o Centro de Ressocialização (CR) colocou nas ruas 205 reeducandos e “apenas” dois não retornaram. O índice de evasão da unidade prisional foi de 0,9%.

Os detentos que não regressaram dentro do prazo são considerados foragidos. Em caso de recaptura, os presos voltam para o regime fechado e não tem mais direito ao benefício da saída temporária.