3º Festival de Arte Vale do Paraíba mergulha nas raízes culturais do interior de São Paulo

 

Enaltecendo tudo o que a viola caipira representa na cultura do Estado de São Paulo, até domingo (10), acontece a 3ª edição do Festival de Arte Vale do Paraíba, com um Tributo à Pena Branca e Xavantinho. O evento idealizado pela produtora cultural Ivete Nenflidio, da In Totum Cultura Criativa, com produção artística de Luciana Passarini, da Carretel Music, acontece em formato on-line com transmissão gratuita pelo Facebook e Youtube.

Movimentando grupos, formando novos artistas e unindo gerações, a viola caipira, instrumento característico da cultura brasileira já reconhecido como patrimônio imaterial em lugares como Minas Gerais, é o argumento para reunir cem artistas durante quatro dias em um grande festival virtual.

O evento tem apoio cultural da Casa de Oswaldo Cruz (São Luiz do Paraitinga) e do Sesi São José dos Campos, onde foram gravadas as apresentações com mediação do cantor, compositor, instrumentista e pesquisador Cláudio Lacerda, importante nome do gênero caipira, que já atuou em parceria com Pena Branca, um dos grandes homenageados.

A realização do projeto é do Governo do Estado de São Paulo, pela Secretaria da Cultura e Economia Criativa e foi contemplado pelo ProAC Editais, com idealização da In Totum Cultura Criativa e produção artística da Carretel Music.

Onde assistir: www.facebook.com/intotumeventos ou  www.festivaldeartevaledoparaiba.com