Novo Chevrolet Monza faz sucesso na China

Chevrolet Monza é vendido na China com quatro versões de motorização

Produzido no Brasil de 1982 a 1996, o Chevrolet Monza é um dos carros de maior sucesso na história da GM do Brasil. Antes do Onix, foi o único carro da marca a se sagrar campeão nacional de vendas, em 1984, 1985 e 1986. O carro que fez sucesso no Brasil era derivado do Opel Ascona, um veículo europeu. Agora, o Chevrolet Monza está de volta. Desde 2019, voltou a ser fabricado pela GM na China e tem feito sucesso. Segundo a consultoria Car Sales Base, vendeu 141.795 unidades no ano passado e 118.957 em 2020, apesar da pandemia de coronavírus.

O novo Chevrolet Monza pode voltar ao mercado brasileiro? Talvez. A boa notícia para os fãs do carro é que a General Motors planeja lançar a próxima geração do Monza no México. A informação foi dada pelo site GM Authority em 22 de setembro, em reportagem assinada por Deivis Centeno. “Fontes familiarizadas com o assunto nos informaram que a GM tem planos de lançar o Chevrolet Monza no mercado mexicano nos próximos meses, já que os sedãs mantêm um alto nível de aceitação no país latino”, informou o GM Authority.

Segundo a reportagem do site - que é especializado em notícias sobre a GM em todo o mundo -, “o México se tornará o primeiro país estrangeiro a receber o novo Chevrolet Monza desde que a placa de identificação histórica foi ressuscitada em novembro de 2018 em um veículo exclusivo da China”. O que isso tem a ver com o Brasil? Muita coisa.

É fato que o Chevrolet Cruze já saiu dos planos da GM. O sedã médio deixou de ser produzido em várias partes do mundo. A única fábrica que mantém a produção é a da Argentina. O Cruze tem vendido menos de 500 unidades/mês no Brasil nos últimos meses, acumulando apenas 8.750 unidades no ano. Por outro lado, o Chevrolet Onix Plus está tendo um ano espetacular, alcançando mais de 81 mil vendas em 2020.

No mercado chinês, o novo Monza tem várias configurações. Uma com motor de quatro cilindros aspirado, duas com motor de três cilindros e uma híbrida leve com bateria de 48 volts. O Monza previsto para o México é o 1.3 turbo de três cilindros com 163 cv de potência e câmbio automático de seis marchas.