Trailblazer blindado é o novo carro da Polícia Militar em São Paulo

Com motor turbo de 2,8 l, o Chevrolet Trailblazer blindado é o novo carro da Polícia Militar de São Paulo.

Com motor turbo de 2,8 l, o Chevrolet Trailblazer blindado é o novo carro da Polícia Militar de São Paulo.

O Governo do Estado entregou  as primeiras 20 unidades para a frota da PM. Os veículos fazem parte de um investimento total de R$ 10,7 milhões para a aquisição de 70 veículos.

O utilitário esportivo de sete lugares da Chevrolet ganha atualização visual, mudanças mecânicas e estruturais, além de mais equipamentos de série, como o Wi-Fi nativo e o sistema de frenagem autônoma de emergência auxiliado pelo assistente inteligente.

Com 4.883 mm de comprimento, 1.902 mm de largura e 2.845 mm de entreeixos, o novo SUV Trailblazer é equipado com um motor 2.8 turbo diesel que recebeu uma nova turbina e atualização do software da central eletrônica que deixam as acelerações mais progressivas, reduzindo o efeito turbo lag comum a veículos com torque elevado.

O Governador João Doria entregou as 20 primeiras viaturas blindadas destinadas à Polícia Militar.  do tipo que irão proporcionar mais segurança aos agentes durante atividades de policiamento preventivo e ostensivo.

A compra de viaturas blindadas é um dos compromissos da atual gestão e foi realizada por meio de uma ata de registro de preços para a aquisição veículos do modelo SUV. As outras 50 viaturas, que fazem parte do pacote, devem ser entregues na primeira quinzena de 2021.

“Ao proteger mais os nossos policiais, estamos protegendo mais também a população do Estado de São Paulo”, disse General João Campos, Secretário de Segurança Pública do Estado.

Os veículos serão distribuídos para unidades especializadas da PM, como o Comando de Policiamento de Choque (CPChq) e Batalhões de Ações Especiais de Polícia (Baeps). Das 20 primeiras viaturas, 10 serão entregues à Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), duas ao 4º Baep (responsável pela zona leste da Capital), três ao 7º Baep (responsável pelo centro de São Paulo) e cinco para o 14º Baep, que ainda será inaugurado, ficando responsável pela região de Sorocaba.