Chevrolet Tracker lidera ranking dos SUVs mais econômicos de 2020

Dados do Inmetro indicam o melhor consumo de combustível entre os SUVs de entrada no Brasil

Não foi fácil para ninguém: em um ano para apertar os cintos e deixar a carteira bem segura no bolso, diminuir as visitas ao posto de gasolina entrou na lista de prioridades para repensar o orçamento doméstico.

Entre os modelos de SUVs "de entrada" - que orbitam na faixa dos R$ 100 mil - quem se destacou em 2020 no quesito economia também foi um dos principais lançamentos do ano: com o motor 1.0, o novo Chevrolet Tracker fez uma média de consumo de 12,8 km/l de gasolina e 8,9 km/l de etanol.

Carro do Ano, o VW Nivus também mandou bem em relação ao consumo: 11,95 km/l na gasolina e 8,55 km/l no etanol. O modelo, entretanto, não ficou entre os mais econômicos: o irmão VW T-Cross teve desempenho ligeiramente melhor.

Por outro lado, a versão Storm do Ford EcoSport (de motor 2.0) foi aquela que mais se tornou amiga dos frentistas, com média de consumo de 9,95 km/l de gasolina. Para quem quer economizar, melhor ficar com o motor 1.5, que entrou na lista dos mais econômicos do ano.

Chevrolet Tracker

Mesmo em um ano tão complicado, a Chevrolet apostou no lançamento da nova geração do SUV Tracker e se deu bem: o modelo conquistou a liderança de vendas entre os SUVs compactos em diferentes meses de 2020, em uma briga com o Jeep Renegade e o VW T-Cross.

No quesito economia, o modelo também ficou na liderança: o seu motor 1.0 turbo apresentou a melhor média de consumo tanto na gasolina quanto no etanol, de acordo com os dados fornecidos pelo Inmetro.