MAC encara campeão da Série A-3 no 1º jogo das oitavas de final

Partida contra o Velo Clube acontece neste sábado (28), às 17h, em Rio Claro

Por Jorge Luiz/foto: Matheus Dahsan

 

Líder do ‘Grupo 1’ e terceira melhor campanha geral da 1ª fase da Copa Paulista, o Marília Atlética Clube (MAC) até poderia ser considerado o favorito nesse confronto de oitavas de final, diante do Velo Clube.

O adversário acabou como 3º colocado em sua chave e fez somente a 14ª campanha geral entre os 16 participantes. No entanto, o time de Rio Claro foi campeão do Paulista da Série A-3 há menos de 15 dias e só a partir do mata-mata irá contar com sua força máxima.

O primeiro duelo eliminatório acontece hoje (dia 28), às 17h, no estádio Benito Agnelo Castellano. O jogo da volta ocorre na próxima quarta-feira (2), no mesmo horário, no Bento de Abreu. A única vantagem maqueano no confronto é poder decidir a segunda partida em casa, pois em caso de dois empates, a vaga será definida nas penalidades máximas.

Além da 3ª melhor campanha geral, o Alviceleste vem de duas vitórias consecutivas (3 a 0 Novorizontino e 2 a 0 Botafogo) e possui o melhor ataque da competição, ao lado da Portuguesa com 15 gols.

O MAC não vence o Velo Clube há 21 anos. Nesse período de jejum foram apenas quatro jogos (dois empates e duas derrotas), todos fora de casa. A última vitória ocorreu no dia 29 de agosto de 1999, no Abreuzão, pelo Paulista da 4ª Divisão.

Como visitante nesta temporada, o Marília já fez 11 partidas com: quatro vitórias, dois empates e cinco derrotas (42,4% de aproveitamento). Para enfrentar o Velo Clube, o técnico Guilherme Alves terá força máxima. No último jogo vários titulares foram poupados.

A provável única dúvida é quem será o atacante pelo lado esquerdo. Lucas Lino é o favorito, mas Luan Gama pode ganhar a vaga, já que fez dois gols nas duas últimas rodadas.

 

Campeão da Série A-3 – O Velo Clube se classificou para as oitavas de final na 3ª colocação do ‘Grupo 2’ e na 14ª posição geral entre os 16 que avançaram. Campeão do Paulista Série A-3 no último dia 16, hoje diante do Marília será a primeira vez que a equipe jogará com força máxima na atual competição, pois com o estadual de forma simultânea, em nenhuma das seis partidas da 1ª fase foi possível escalar o time completo.

Aliás, a única perda do elenco campeão foi a do técnico Cléber Gaúcho, que saiu por motivos particulares.

Para a vaga de técnico, a diretoria trouxe de volta João Valim, de 64 anos, que nesta temporada já trabalhou em três agremiações: Linense (Série A-3), Taubaté (A-2) e União Suzano (4ª Divisão). O treinador tem história no Velo, ao conquistar acessos na ‘Bezinha’ de 2010 e na Série A-3 de 2011.

O grupo de atletas do time de Rio Claro é o mesmo do título e teve a chegada de reforços: o atacante Rodolfo (29 anos) e o meia-atacante Leandro Lima (24) vieram do Paulista de Jundiaí e podem iniciar o duelo deste sábado.

Rodolfo depende da situação de Felipinho, que se recuperou recentemente da Covid-19. Já Leandro Lima pode ganhar a vaga de Igor Eto’o. Titular na campanha do título estadual, Diogo pode perder espaço para Alexandre Carvalho na defesa.

Alteração certa é a entrada do volante Caio no lugar de Paranhos, expulso na derrota de 1 a 0 para o Atibaia, fora de casa, na última quarta-feira (25). Quem também é desfalque certo é o meia Christian, que teve o ligamento cruzado do joelho rompido.

Principal jogador da equipe é o centroavante Lucas Duni, artilheiro da Série A-3 com nove gols e 11 na temporada (2 na Copa Paulista). No estádio Benito Agnelo Castellano, o Velo Clube sustenta uma invencibilidade de oito jogos (cinco vitórias e três empates).

A última derrota aconteceu para o EC São Bernardo (2 a 1), no dia 14 de março. Em 2020, a equipe já realizou 14 partidas como mandante com: oito vitórias, quatro empates e duas derrotas (66,6% de aproveitamento). Essa é a quinta vez que o Velo Clube participa da Copa Paulista. A última foi no ano passado, quando não passou da 1ª fase, assim como em 2017. Em 2011 e 2012 foi semifinalista, sendo eliminado por Noroeste e Paulista de Jundiaí, respectivamente.

 

 

Arbitragem – Paulo Sérgio dos Santos será o árbitro de duelo de hoje, em Rio Claro. Ele será auxiliado por: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Ítalo Magno De Paula Andrade.

 

Velo Clube – Filipe Garça; Everton, Léo Turbo, Diogo (Alexandre Carvalho) e Janílson; Niander, Eurico e Caio; Felipinho (Rodolfo), Igor Eto’o (Leandro Lima) e Lucas Duni. Técnico: João Valim.

 

Marília – Igor Castro; Dênis, Geninho, Arthur Gaúcho e Diogo Calixto; Junior Santos, Felipe Cordeiro e Léo Couto; Orlando Junior, Lucas Lino (Luan Gama) e Gustavo Nescau. Técnico: Guilherme Alves.