Advogado entra com representação contra CPFL por interrupção de energia

Moradores dos bairros Centro Mesquita e Vila Bela ficaram 30 horas sem energia elétrica no último dia 17

 

Por Izabel Dias 

O advogado Divino de Castro protocolou na Justiça representação contra CPFL, concessionária de energia que atende Marília, em razão da interrupção de energia nos bairros Centro Mesquita e Vila Bella 1, 2 e 3, na zona rural da cidade.

A representação foi protocolada no último dia 17 e o promotor pediu que seja instaurado inquérito civil. Segundo o advogado, no último dia 13 os moradores dos bairros Centro Mesquita, Villa Bella 1, 2 e 3 ficaram 30 horas sem energia elétrica, o que provocou grandes prejuízos aos moradores.

“Tiveram prejuízo com o leite armazenado, com alimentos. Outros que alugam chácaras, tiveram que cancelar o aluguel. E temos tentado contato com a CPFL e nada”, afirmou Divino de Castro.

O advogado explica que nesses bairros a rede elétrica possui muitos postes em péssimo estado de conservação, ocasionando a interrupção do fornecimento de energia por tempo prolongado. A demora da CPFL em realizar o serviço de reparo prejudica os moradores daquela região da cidade. “A rede está abandonada e não há manutenção”.

Em janeiro os moradores da Fazenda do Estado, na zona rural, ficaram por 30 horas sem energia e o advogado Divino de Castro também protocolou representação na Justiça pedindo providências. “Graças a atuação do promotor dr. José Alfredo Sant’ana melhorou muito, chegando a 80% de satisfação”, afirmou o advogado.

A falta de energia em Marília não é um fato restrito a alguns bairros. Na segunda-feira houve interrupção de energia no centro durante toda a manhã. Ontem faltou energia na zona leste da cidade, na rua Santa Helena, e os moradores ficaram sem energia por duas horas.   

Sobre a representação a pedido dos moradores dos bairros Centro Mesquita e Vila Bela, o advogado afirma que se não houver sucesso pretende ingressar na Justiça com ação de danos morais.

A reportagem do Jornal da Manhã encaminhou nota à assessoria da CPFL pedindo informações sobre a falta de energia ontem na zona leste da cidade.  Em nota, a CPFL Paulista informou que enviará  uma equipe ao local nesta quinta (26) para avaliar a situação e realizar as manutenções necessárias. ​Sobre a representação na Justiça, a assessoria informou que não tinha posição da empresa e que deve encaminhar ao jornal assim que possível.