Pastor Valdemiro Santiago, após ir à falência, é obrigado a deixar TV e Igreja Mundial desmorona

A Igreja Mundial, vale dizer, ocupa o canal 31/32, desde 2018. A sede da Loading, será a mesma que foi ocupada pela MTV.

Em dezembro, a TV aberta ganhará uma nova emissora de TV, trata-se da Loading, que ocupará a frequência de TV que antes pertencia a MTV, e depois passou a ser Ideal TV, até que nos dias de hoje exibe a programação da Igreja Mundial do Poder de Deus, do pastor Valdemiro Santiago.

A Igreja Mundial, por meio do seu setor jurídico, informou que até então “não avisaram nada” em relação a perda do espaço na TV, e que sendo assim, a programação segue com a igreja.

O Loading é um canal que pretende se dedicar à cultura pop, à música e aos e-sports, entre outros assuntos. A ideia do canal é se tornar uma “nova MTV”. Porém, a data exata de estreia ainda não está definida.

A Igreja Mundial, vale dizer, ocupa o canal 31/32, desde 2018. A sede da Loading, será a mesma que foi ocupada pela MTV.

A proposta do novo canal é ser um produtor e exibidor de conteúdo multiplataformas, inclusive por streaming, gratuito e 24 horas por dia. A startup foi criada em parceria com a Kalunga e Spiral.

Falência e dívida

Valdemiro Santiago, vem passando por uma forte crise financeira nos últimos meses devido à pandemia, com o pastor deixando de arrecadar milhões de reais, pela falta de cultos em suas igrejas. De acordo com a revista Veja, a igreja deve 20 milhões de reais a Ideal TV, emissora que sede o espaço a igreja na TV aberta.

Em vídeo divulgado em abril deste ano, o pastor Valdemiro Santiago reclamou que política atrapalha a igreja na pandemia do coronavírus.

220 milhões de dólares

Com fortuna avaliada em 220 milhões de dólares, segundo a Forbes, o pastor Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, disse que estava “muito difícil” permanecer no ar diante das políticas de combate à pandemia do coronavírus, que impuseram o isolamento social e fecharam templos pelo Brasil.

“Muitas lutas para permanecer no ar, muito difícil. E se perguntar: a luta é porque o coronavírus, a pandemia, tá atingindo o povo da igreja? Não tá atingindo, não. A luta é por causa dos decretos, por causa da política, enfim, por causa das determinações das autoridades que, mesmo não concordando com elas, nós temos que acatá-las”, disse o pastor, que teve o chapéu de R$ 5 mil jogado pelos ares por Jair Bolsonaro durante a Marcha para Jesus em junho de 2019.

"Alvo de governadores”

Segundo Valdemiro, chefe da igreja que mais cresceu nos últimos anos, a igreja virou alvo de “governadores” e autoridades porque tem curado muita gente.

“Porque a igreja tem curado muita gente, em nome de Jesus. Está operando maravilhas na vida desse povo. A igreja é último refúgio do povo, mas temos que acatar. Temos que obedecer as leis, acatar as autoridades e ir em frente. É claro que tudo tem limite. Nós não vamos parar de pregar o evangelho, ainda que haja ameaças de alguns governadores, de algumas autoridades. Até quem não é autoridade tem ameaçado. Um ex-governador do Ceará tem ameaçado”, disse, referindo-se a Ciro Gomes.

Em outro vídeo, publicado na mesma ocasião, Valdemiro pede doações de R$ 1 mil para manter as transmissões pela TV, mas não faz menção ao coronavírus e não há data de quando o vídeo foi feito. Em diversas ocasiões, o pastor já pediu “investimentos” na sua igreja.

Em agosto de 2012, Valdemiro Santiago, conhecido como o chorão mais bem remunerado do país, voltou a fazer cara de choro na TV - a mesma que havia feito poucos dias antes para arrecadar R$ 7 milhões - ao pedir aos fiéis dinheiro para pagar uma suposta dívida de R$ 30 milhões com a Band, entre outras emissoras.

Faturando alto com investimento zero na programação, a Band, por sua vez, apesar das supostas dificuldades financeiras da Mundial, não tem do que reclamar. Além da igreja de Valdemiro, a emissora fatura com a Assembleia de Deus de Silas Malafaia e com a Igreja da Graça de Deus, de R.R. Soares, e está sendo assediada pela Universal, de Edir Macedo.