MAC tem hoje mais uma chance de sair classificado com antecedência

Atacante Lucas Lino (à esq.) deverá começar na vaga de Eric Di María (à dir.)

Por Jorge Luiz/foto: Matheus Dahsan

O Marília Atlético Clube (MAC) tem hoje (dia 21) mais uma chance de sair classificado para as oitavas de final da Copa Paulista, com uma partida de antecedência. Para isso, necessita da vitória, às 17h, contra o Grêmio Novorizontino, no estádio Bento de Abreu.

Vice-líder do ‘Grupo 1’ com seis pontos, o Alviceleste pode até avançar com empate, desde que o Botafogo vença o Rio Preto, fora de casa. A partida é no domingo (22), às 15h.

Apesar de ser uma equipe irregular na competição, o Marília teve mais posse de bola que todos os adversários, dentro e fora de casa e também finalizou mais que os rivais. Neste último quesito foram 60 arremates em quatro jogos (média de 15), sendo 31 em direção ao alvo (média de 7,75) e dez gols marcados, ou seja, a cada três chutes certeiros, um é gol.

Todavia, a defesa maqueana sofreu dez gols em 33 finalizações dos adversários (média 8,5), sendo 20 chutes na direção da meta (média de 5). Ou seja, a cada dois arremates certeiros dos rivais, um balança as redes. Dos dez gols sofridos, seis (60%) aconteceram pelo lado direito da defesa do MAC, três pela esquerda (30%) e um pelo meio (10%).

Para enfrentar o Novorizontino nesta tarde, o técnico Guilherme Alves não revelou qual time começará jogando, mas disse que não fará muitas mudanças. Certeza é que Igor Castro segue como titular no gol, já que Alyson ainda não se recuperou de uma pancada na costela.

O atacante Lucas Lino é bastante cotado para atuar no lugar de Eric Di Maria. A novidade no banco de reservas será o meia mariliense Guilherminho, de 18 anos.

 

Novorizontino – Depois de dois empates consecutivos contra o Botafogo, o time B do Grêmio Novorizontino segue na 3ª colocação com cinco pontos e também poderá sair classificado do Abreuzão, caso ganhe do Marília e o Rio Preto não some três pontos em casa, diante do Botafogo. O clube tem pior ataque do ‘Grupo 1’, com seis gols, mas possui a melhor defesa da chave, com cinco.

Atuando como visitante, o time de Novo Horizonte está invicto na Copa Paulista: vitória diante do Rio Preto (3 a 1) e empate contra o Botafogo (2 a 2).

Para encarar o MAC, o desfalque certo será o técnico William Sander, que irá assumir o comando da equipe principal, que disputa o Brasileiro da Série D, já que o treinador Roberto Fonseca está com a Covid-19. Hoje no Abreuzão, quem irá dirigir o time é o auxiliar Carlos Magno, técnico do sub-15.

Em termos de escalação, a única novidade que pode aparecer é a volta do zagueiro Almeida, que teve uma lesão no músculo posterior da coxa, na rodada retrasada. Caso volte, Guilherme deverá ficar como opção no banco de reservas. No mais, a equipe deverá ser a mesma que empatou sem gols em casa, diante do Botafogo.

 

Arbitragem – José Cláudio Rocha Filho será o árbitro do jogo no Bento de Abreu. Ele será auxiliado por: Fábio Rogério Baesteiro e Diego Morelli de Oliveira.

 

Marília – Igor Castro; Dênis (Bruno Oliveira), Geninho, Arthur Gaúcho e Diogo Calixto; Felipe Cordeiro, Junior Santos e Léo Couto; Lucas Lino (Eric Di María), Orlando Junior e Gustavo Nescau. Técnico: Guilherme Alves.

 

Novorizontino – Lucas Pereira; Claudinei, Rick, Guilherme (Almeida) e Ferrugem; Gabriel Canal, Pedro Matielo e Christopher; Nando, Jackson e Rômulo. Técnico: Carlos Magno (auxiliar).