Homem é surpreendido com droga avaliada em R$ 2,5 milhões na BR-153

Acusado confessou que receberia R$ 10 mil para realizar o transporte do entorpecente até a capital paulista

Por Matheus Brito / Fotos: Divulgação

 

Um homem de 33 anos foi preso por policiais rodoviários federais após ser flagrado transportando 21,3 quilos de cloridrato de cocaína em um fundo falso de um veículo na quinta-feira (19) na rodovia Transbrasiliana (BR-153), em Ourinhos (cerca de 90 quilômetros de Marília). A droga esta avaliada em cerca de R$ 2,5 milhões.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), por volta das 17 horas, durante fiscalização de rotina na altura do quilômetro 339 da rodovia, os policiais abordaram um veículo GM Meriva Joy, placas de São Paulo.

O condutor gerou suspeita ao fornecer informações imprecisas sobre origem e destino da viagem. Busca no carro encontrou um fundo falso no para-choque traseiro que armazenava 20 tabletes da droga.

O cloridrato de cocaína é o primeiro produto obtido após o refino da pasta base de cocaína.  O entorpecente tem alto valor para o crime organizado, devido pureza da substância. Com alta concentração de cocaína a droga é imprópria para o consumo humano e deve ser “abatizada” com outras substâncias para ser revendida no mercado ilícito.

O homem confessou aos policiais rodoviários federais que receberia R$ 10 mil para transportar a droga de Foz do Iguaçu (PR) para a capital Paulista. Ele foi indiciado em flagrante pelo crime de tráfico de entorpecentes e recolhido para a cadeia de São Pedro do Turvo. A pena pode chegar até 15 anos de reclusão em regime fechado.