Aos 86 anos, atriz Sophia Loren volta às telas como ex-prostituta em "Rosa e Momo"

A lendária atriz italiana Sophia Loren acaba de sair de um hiato de dez anos do cinema para estrelar “Rosa e Momo”, novo drama dirigido por seu filho Edoardo Ponti que acaba de ser lançado no mundo todo pela Netflix.

A lendária atriz italiana Sophia Loren acaba de sair de um hiato de dez anos do cinema para estrelar “Rosa e Momo”, novo drama dirigido por seu filho Edoardo Ponti que acaba de ser lançado no mundo todo pela Netflix.

“Após uma década longe dos filmes, a lenda vencedora do Oscar, Sophia Loren, estrela em ‘Rosa e Momo’, longa dirigido por seu filho, Edoardo Ponti,  já disponível no catálogo do serviço de streaming.

Sophia Loren se tornou um dos ícones da sétima arte ao fazer sucesso não só na Europa, mas nos Estados Unidos também, sendo a primeira atriz a levar o Oscar de Melhor Atriz por um papel totalmente feito em língua estrangeira em 1962, pelo longa “Duas Mulheres”. No mesmo ano, ela levou o mesmo prêmio no Festival de Cinema de Cannes e no New York Film Critics Circle Awards.

A atriz italizana também recebeu um Oscar honorário em 1991, e ficou conhecida por diversos outros filmes como “Ontem, Hoje e Amanhã”, “Arabesque”, o americano “Nine”, e “Matrimônio à Italiana”.

Com roteiro de Ugo Chiti baseado no livro do autor Romain Gary, “Rosa e Momo” acompanha a relação entre Madame Rosa (Sophia Loren), uma sobrevivente do Holocausto que vive no litoral da Itália e trabalha como dona de uma creche, e Momo (o estreante Ibrahima Gueye), um adolescente de 12 anos sem teto que a roubou. O elenco também conta com Renato Carpentieri, Francesco Cassano, Babak Karimi, Massimiliano Rossi e Abril Zamora.