Morador alimenta animais de mata atingida por incêndio

Área de vegetação na serra de Dirceu foi queimada em incêndio e muitos animais morreram ou ficaram feridos

Por Izabel Dias 

Os incêndios que atingiram área de mata na zona leste da cidade no mês de outubro destruíram grande parte da vegetação e colocaram em risco a fauna do local. Muitos   animais fugiram  e outros foram atingidos pelo fogo. Preocupados com a situação, moradores passaram a levar alimentos para os animais que vivem na mata.

É o caso de Antônio Carlos Prieto, que desde que ocorreram os incêndios, passou a levar frutas em área de mata atingida pelo incêndio próximo a serra de Dirceu. “Três dias após o incêndio começamos a levar frutas. Entramos na mata e vimos que o incêndio atingiu grande parte da vegetação e morreram muitos animais”, disse.

Com a destruição da mata no incêndio, os animais silvestres perdem a capacidade de buscar alimentos e muitos morrem de fome ou fogem para área urbana. Prieto consegue frutas como mamão, banana, abacate que seriam descartadas em supermercados. Ele conta que leva as frutas na mata e no dia seguinte volta ao local e tudo já foi consumido pelos animais.

“Ali o que mais tem é macaco prego. Tem também sagui, siriema, tatu, teyú. Com o incêndio morreram muitos tatus, é muito triste. Ficaram poucos pássaros. Um morador de chácara próxima disse que tinha dois veados que não foram mais vistos. É muito triste a situação que ficou”, disse Antônio Prieto.