Engenheiro de alimentos: profissional tem vasto campo de atuação na indústria e na academia

Hoje é comemorado o Dia do Engenheiro de Alimentos, presidente da Associação Brasileira fala da área

 

Hoje (16) é comemorado o Dia do Engenheiro de Alimentos, um profissional de grande importância para toda cadeia produtiva. A área tem vasto campo de atuação para os profissionais, que buscam contribuir para qualidade de vida da população.

A presidente da ABEA-SP (Associação Brasileira de Engenheiros de Alimentos) no Estado de São Paulo, professora doutora Irene Rodrigues Freitas, afirma que o profissional de engenharia de alimentos atua em diversas áreas, sempre com o objetivo de zelar pela qualidade dos alimentos que chegam à população.

“Temos diversos profissionais atuando para que cheguem à nossa mesa produtos mais saudáveis, desenvolvidos em benefício da sociedade”, disse. Irene Rodrigues Freitas atuou por vários anos na indústria e nos últimos cinco anos é docente e pesquisadora no Centro Universitário do Norte Paulista, além de consultora.

Ela explica que além da área de docência, o profissional de engenharia de alimentos pode atuar na indústria no controle de qualidade, segurança dos alimentos,gestão de produção, pesquisa e desenvolvimento, projetos de embalagens, projetos de equipamentos, armazenamento,automação de processos, planejamento e também na área de venda-técnica, consultoria, assessoria e fiscalização.

Irene Freitas afirma que o campo de pesquisa na universidade também abre inúmeras possibilidades na área. “Sempre me interessei pela pesquisa, em poder desenvolver algo em benefício à sociedade”.

Ela explica que atualmente nas universidades há muitos engenheiros de alimentos (professores/pesquisadores) atuando com pesquisas na área de energia renovável como biocombustível, biogás, bio-óleo e bioetanol. “As engenharias estão todas conectadas sempre buscando oferecer algo que contribua com o bem estar e a qualidade de vida de todos”.