Hyundai consolida-se em quarto lugar no ranking por marca

No acumulado até setembro, top 4 é complementado por GM, VW e Fiat. Toyota aparece em quinto e Ford é a sexta colocada

Lugar ocupado por longo tempo pela Ford no Brasil, o quarto lugar no ranking das marcas mais vendidas internamente vem sendo altamente disputado nos últimos dois anos por marcas que chegaram por aqui depois de Ford, General Motors, Volkswagen e Fiat.

O vaivém nesse ranking envolve este ano todas as posições, tanto é que por dois meses - julho e agosto - a Volkswagen tirou a liderança que a GM vinha mantendo nos últimos anos e em setembro, particulamente, a Fiat galgou o alto do posto por marca no País.

No balanço de janeiro a setembro, a GM ainda aparece em primeiro (223 mil licenciamentos), seguida da VW (221,4 mil) e Fiat (204,3 mil). No ranking da Fenabrave há uma distorção nos números deste mês, com a incorporação de comerciais  leves vendidos pela VWCO como sendo da Volkswagen do Brasil, o que coloca a marca alemã na liderança do acumulado do ano. Mas a própria montadora chemou a atenção para o erro e divulgou os números corretos de suas vendas.

No cômputo das vendas dos primeiros nove meses deste ano, a Hyundai - que no mesmo período do ano passado estava em sexto lugar - consolidou sua posição entre as top 4.

A marca coreana vendeu 111,1 mil unidades, com 8,6% de participação. Na sequência vieram a Toyota, com 93,8 mil emplacamentos e fatia de 7,22%, e Ford, com, respectivamente, 93,6 mil unidades e 7,21%.

Do total vendido pela Hyundai no ano, 94% foram dos modelos HB20 e Creta, fabricados no País (104.062 unidades). A linha HB20 atingiu 73,4 mil unidades, sendo 80% destinadas ao consumidor final. Para o SUV compacto Creta, no mesmo período, foram negociadas 30,5 mil unidades, com parcela ainda maior, de 95%, destinada ao varejo.