Mercado de usados ultrapassa números da pré-pandemia

Com a venda de quase 1,4 milhão de unidades em setembro, segmento registra alta de 12,2% sobre o mesmo mês de 2019

O balanço das vendas de veículos usados em setembro confirmou projeções divulgadas pela Fenauto - Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores de que o segmento caminhava para números superiores aos da pré-pandemia.

Com total de 1.397.247 usados comercializados no mês, entre leves, pesados e motocicletas, o mercado registrou crescimento 10,5% em relação às mais de 1,26 milhão de unidades negociadas em agosto e de 12,2% sobre setembro do ano passado, um movimento ainda não verificado no segmento de veículos 0 km.

Na avaliação do presidente da Fenauto, Ilídio dos Santos, o resultado de setembro confirma as previsões da entidade de que a recuperação das vendas de usados foi muito mais rápida do que o previsto. “O desempenho tem ficado bem acima das expectativas que tínhamos quando começou a pandemia da Covid-19. A persistir esse movimento ascendente, poderemos fechar o ano com resultados positivos”.

A Fenauto representa o setor de lojistas de veículos multimarcas de todo o território nacional e nos últimos meses tem divulgado até mesmo balanço semanais de venda para mostrar a recupera do segmento, que vem mostrando movimento positivo em todas as regiões do Brasil.

O carro usado mais vendido em setembro foi o Volkswagen Gol, com 83.041 unidades, seguido pelo Fiat Uno com 47.482.