Polícia Rodoviária registra duas mortes no feriado prolongado

Mortes foram registradas numa colisão frontal entre carro e caminhão

Por Matheus Brito / Foto: Divulgação

 

Duas pessoas morreram em acidentes durante a “Operação Romeiros”, realizada no feriado prolongado nos 567 quilômetros de rodovias estaduais na região de Marília.

O número de mortes é 100% superior em comparativo com a última ação realizada no feriado de 12 de outubro de 2018 quando não ocorreu nenhuma vítima fatal.

“Voltamos todos os nossos esforços para combater fatores que causam acidentes com vítimas fatais, mas não foi suficiente para evitar essas duas mortes. O acidente ocorreu na sexta-feira (9) numa colisão frontal entre carro e caminhão. A principal suspeita é que o condutor do carro tenha sofrido um mal súbito e invadido a pista contrária” relatou o capitão Daniel Demétrio.

Nos quatro dias de ação fiscalizadora, entre sexta e segunda-feira, foram contabilizados 12 acidentes com um ferido gravemente e dez leves. O número de colisões é 50% maior que há dois anos. Os feridos leves tiveram elevação de 42,8%, enquanto os graves reduziram 50%.

“Se analisarmos os números em todo o Estado de São Paulo, a nossa região contabilizou um baixo número de acidentes. Observamos também que nesse feriado tivemos um aumento do tráfego de veículos devido a flexibilização da quarentena em virtude do novo Coronavírus”, finalizou.

A reportagem do Jornal da Manhã também solicitou números das autuações durante o feriado prolongado nas rodovias estaduais, mas até a conclusão desse material as informações não foram enviadas.

BR-153 – A Polícia Rodoviária Federal (PRF) também teve saldo positivo durante a fiscalização na “Operação Padroeira” nos 212 quilômetros da rodovia Transbrasiliana (BR-153) na região.

A ação contabilizou nos quatro dias apenas um acidente com uma pessoa ferida. Os números de autuações também foram solicitados, mas as informações não foram enviadas para a reportagem do Jornal da Manhã.