Inscrição para Corrida de Rua virtual termina neste sábado

Após a corrida o atleta deverá tirar ‘print’ do registro da atividade executada e enviar diretamente para o canal de atendimento

Por Jorge Luiz/foto: Divulgação

As inscrições para a 31ª edição da Corrida Virtual “Dermânio da Silva Lima” se encerram neste sábado (dia 10). A prova acontece no dia 12 (segunda-feira). Os interessados em participar do evento precisam entrar no site www.cronocorridas.com, que também conta com o regulamento completo e com os valores de inscrição e premiação.

A competição funciona da seguinte maneira, cada inscrito poderá escolher o local para percorrer os 5 km. Após a corrida o atleta deverá tirar ‘print’ do registro da atividade executada e enviar diretamente para o canal de atendimento responsável pela apuração dos resultados, através do e-mail (cronocorridas@gmail.com) até às 23h59 do dia 13 de outubro.

“O atleta poderá escolher qualquer tipo de terreno para correr, não precisa ser necessariamente na rua. Ele poderá até mesmo fazer o percurso em uma esteira de academia. O importante é concluir os 5 km e fazer o registro”, destacou Dermânio Ribeiro, sobrinho do homenageado com o nome da prova.

A corrida terá somente a categoria livre para homens e mulheres. Os três primeiros colocados receberão troféus e premiação em dinheiro. Os demais ganharão medalhas e certificados de participação.

“O participante poderá optar pela inscrição com taxa de envio da medalha para seu endereço residencial, solicitando ao realizador do evento o valor da taxa de envio, que será pago ao mesmo para realizar o envio pelos Correios ou disponibilizar para retirada em até 15 dias úteis após a data de encerramento do evento. Para os atletas que moram em Marília e região, poderão retirar a sua medalha em local a combinar”, declarou Dermânio.

 

Homenageado – A corrida de rua “Dermânio da Silva Lima” é um dos eventos mais tradicionais de Marília. Sua última edição aconteceu em 1996. O nome da competição é uma homenagem a um mariliense que foi ícone neste esporte entre as décadas de 30 e 50. Ele era piloto de avião comercial e morreu em um acidente aéreo no Campo de Marte, em São Paulo, no dia 19 de abril de 1959.

Ele foi corredor de provas de meio fundo e de fundo, e sua maior especialidade era a disputa dos 3 mil metros, em que acabou ficando em 3º lugar no ranking brasileiro, com o tempo de nove minutos e seis segundos, em 1946.