Governo paulista pede que motoristas evitem pegar a estrada no feriado

Orientação é pela manutenção da quarentena e para população evitar viagens desnecessárias

Com a aproximação do feriado prolongado de Nossa Senhora Aparecida, na segunda-feira (12), a Secretaria de Logística e Transportes do estado de São Paulo, por meio do estado de São Paulo  reforçou a orientação para que motoristas evitem viagens desnecessárias no período para não se expor ao risco de contaminação por covid-19.

“A orientação do governo paulista é pela manutenção da quarentena. Por isso, todas as nossas ações e as nossas campanhas têm o objetivo de conscientizar a população para que viaje somente em casos essenciais”, disse a secretária executiva do órgão, Priscila Ungaretti.

A Agência de Transporte do Estado de São Paulo, as concessionárias que integram o Programa de Concessão de Rodovias do Governo do Estado de São Paulo e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) corroboram a orientação. Para isso, mensagens com recomendações do protocolo vigente da quarentena serão veiculadas neste fim de semana e na segunda-feira nos painéis eletrônicos, distribuídas na malha rodoviária paulista.

As altas temperaturas e a flexibilização das medidas de isolamento social podem ser consideradas atrativas para viagens de lazer, principalmente para o litoral paulista, onde a movimentação em feriados costuma ser maior. No entanto, autoridades de saúde alertam que a covid-19 continua sendo transmitida e que o cumprimento do protocolo estabelecido pelo governo do estado desde o início da pandemia ainda é necessário.

“Precisamos entender que a pandemia ainda é uma realidade no Brasil e no mundo. Não podemos ignorar os riscos e, dessa forma, buscamos conscientizar quem opta por pegar a estrada. O ideal é evitar aglomerações desnecessárias e ficar em casa”, disse o diretor-geral da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), Milton Persoli.