Ajudante é preso após esfaquear homem em briga de bar

Encarregado de setor, de 51 anos, passou por cirurgia e permanece internado no Hospital das Clínicas (HC) de Marília

Por Matheus Brito / Foto: Divulgação

O ajudante Carlos Eduardo de Melo Marques, de 22 anos, foi preso por policiais militares acusado da tentativa de homicídio contra o encarregado de setor Edgar Francisco de Jesus, de 51 anos, na noite de sexta-feira (18) em um bar no Jardim Santa Antonieta, na zona Norte de Marília.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), por volta das 21 horas, a vítima teria tentado separar uma briga no bar e se desentendeu com o acusado. Jesus deixou o local e voltou em seguida. Armado com uma faca, o ajudante desferiu um golpe no abdômen do encarregado de setor.

Jesus foi socorrido por populares para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da zona Norte, mas devido a gravidade do ferimento, o transferiram para o Hospital das Clínicas (HC) de Marília. O encarregado de setor passou por cirurgia e permanece internado. A reportagem do Jornal da Manhã não obteve informações sobre seu estado de saúde.

O ajudante foi preso por policiais militares durante a madrugada de ontem (19), por volta das 3 horas, em frente a residência na rua Pedro Martins Parra. Marques ainda tentou se evadir do local, mas foi contido.

O ajudante confessou aos policiais militares a autoria do crime e alegou que desferiu a facada, pois tinha sido humilhado pela vítima, que o agrediu com um tapa no rosto. Ele ainda informou que teria recebido a arma do crime de um homem desconhecido, que estava do lado de fora do bar.

Marques foi indiciado em flagrante pelo crime de tentativa de homicídio e recolhido para a penitenciária de Marília. Em caso de condenação, o ajudante pode pegar uma pena de até 20 anos de prisão em regime fechado.