Após 7 meses, mariliense volta a competir amanhã em competições de halterofilismo

Eduardo Arenas vai disputar duas provas do Super Paulistão, em Catanduva

Por Jorge Luiz/foto: Divulgação

O mariliense Eduardo Arenas voltará a disputar competições de halterofilismo amanhã (dia 19), depois de sete meses sem eventos por conta da pandemia do Coronavírus. O atleta PCD (pessoa com deficiência) irá participar do Super Paulistão, que será realizado em Catanduva, a partir das 13h. “Ansiedade é muito grande por voltar a competir e brigar por títulos”, declarou.

A última competição do representante de Marília foi o Campeonato Paulista da Interior (fevereiro), em que foi o campeão do aparelho ‘terra’ e quebrou o recorde brasileiro, com 280 quilos.

“Nesse tempo todo da pandemia não parei de treinar e já nesta competição, não quero só buscar a vitória, mas quebrar o meu próprio recorde, alcançando 290 kg no terra. No ‘power bíceps’ o recorde também é meu (80 kg) e vou para buscar os 90 kg”, explicou.

Eduardo Arenas aproveitou a pandemia para construir um espaço para treinos em sua própria casa. “Fiz isso para não correr riscos de ser infectado. Hoje tenho tudo que preciso para me preparar para as competições. Mesmo que a pandemia acabe, não precisarei mais ir em academias para me condicionar”, frisou.

Por ser a primeira competição de halterofilismo desde o começo da pandemia, o mariliense acredita que haverá muitos participantes. “Já tenho informações que vários atletas PCD que disputam o Circuito Loterias Caixa vão estar presentes, porque essa competição ainda tem data para recomeçar. Teremos um nível bastante alto e isso é muito bom”, destacou.

Eduardo Arenas tem o apoio de: Unimar, Unitrauma, ortopedista Carlos Henrique Bertoni Reis, Ricardo Presas, Jason Tattoo, Max Muscle, Usitec, Bozzoni Sport Fitness, Frederico Ellinger (medicina esportiva) e Estevão Silva (treinador).