Pompeia completa 92 anos hoje sem comemoração pública

Em razão da pandemia não haverá atividades; comércio fecha em razão do feriado municipal

A cidade de  Pompeia (a 26 km de Marília) completa hoje (17) 92 anos de fundação. Em razão da pandemia da Covid-19 não haverá comemoração pública. A festa do peão, que tradicionalmente acontece entre as celebrações do aniversário da cidade, não será realizada este ano.

Pompeia possui pouco mais de 20 mil habitantes e tem como principais forças o agronegócio e a indústria, tendo como  destaque o Grupo Jacto que emprega milhares de trabalhadores.

As primeiras expedições começaram a desbravar a área em 1852, quando João Antônio de Moraes, Francisco de Paula Moraes e Francisco Rodrigues de Campos obtiveram, do governo imperial, a posse primária destas terras para o desenvolvimento da agricultura. Em 1922, foram feitas as primeiras plantações de café.

Após ser desmembrado do município de Campos Novos com o nome de Patrimônio de Otomânia, a vila foi incorporada ao município de Marília, do qual se desligou em 1938 por meio do Decreto Estadual 9.775, de 30 de novembro.

Nascia, então, o município de Pompeia, nome dado em homenagem à esposa do senador Rodolfo Miranda, Aretuza Pompeia da Rocha Miranda. A fundação do município aconteceu em 17 de setembro de 1928 e a emancipação política e administrativa ocorreu em 30 de novembro de 1938.