"Mulher-Maravilha 1984" tem estreia adiada para 25 dezembro nos EUA

O estúdio Warner Bros. adiou a estreia de "Mulher-Maravilha 1984" nos Estados Unidos para o dia de Natal, 25 de dezembro, já que muitos cinemas permanecem fechados devido à pandemia de coronavírus.

O estúdio Warner Bros. adiou a estreia de "Mulher-Maravilha 1984" nos Estados Unidos para o dia de Natal, 25 de dezembro, já que muitos cinemas permanecem fechados devido à pandemia de coronavírus.

O filme estrelado por Gal Gadot estava programado para lançamento nos cinemas americanos em 2 de outubro. Com a mudança, o filme da heroína dos quadrinhos da DC deve concorrer com outra grande produção da Warner, a ficção científica "Duna", que estreia dia 18 de dezembro.

Os estúdios vêm mudando suas agendas há meses, enquanto a indústria tenta se recuperar da pandemia de Covid-19, que forçou cinemas de todo o mundo a fecharem suas portas em março.

As salas foram reabrindo lentamente com limites de capacidade, e o cinema está se recuperando em países como a China, o segundo maior mercado cinematográfico do mundo. Mas, nos Estados Unidos, os cinemas permanecem fechados nos principais centros do setor, incluindo Los Angeles e Nova York.

A Warner Bros, propriedade da AT&T, testou o mercado com o lançamento do thriller "Tenet", de Christopher Nolan, no final de agosto. O filme, que custou mais de US$ 200 milhões para ser produzido, gerou vendas globais de ingressos acumuladas de US$ 146,2 milhões até o último domingo.