Apple processa Epic Games por valores perdidos em transações de Fortnite na loja App Store

A Apple entrou com uma ação contra a Epic Games, criadora de Fortnite, em busca de indenizações por valores perdidos em transações no jogo.

A Apple entrou com uma ação contra a Epic Games, criadora de Fortnite, em busca de indenizações por valores perdidos em transações no jogo.

A fabricante busca também uma ordem judicial que impeça a desenvolvedora de operar seu sistema de pagamento, que burla a loja de aplicativos do iOS.

As duas empresas estão em uma batalha legal desde agosto, quando a Epic lançou seu próprio sistema dentro do jogo para dispositivos móveis, uma maneira de burlar as porcentagens cobradas por Apple e Google.

Em resposta, Fortnite foi tirado das lojas de aplicativos.

A Epic então processou a fabricante do iPhone, que contra-atacou limitando seu acesso às ferramentas de desenvolvimento para o iOS.

Na nova ação, a Apple pede por indenizações monetárias por valores perdidos graças ao sistema da Epic, em busca de "restituição e devolução de todos os lucros, compensação, benefícios e outros ganhos ilícitos obtidos pela Epic como resultado de sua conduta".

A fabricante também quer ser indenizada por danos a sua reputação causada por uma campanha publicitária publicada pela Epic, que parodiava um comercial da Apple de 1984.