Pintor é assassinado com facada em briga de bar em Júlio Mesquita

Comerciante Ismael Firmino, de 53 anos, foi preso e indiciado pelo crime de homicídio qualificado

Por Matheus Brito / Foto: Divulgação

O pintor Renílson Alves de Araújo, de 33 anos, foi assassinado com uma facada numa briga de bar na noite de domingo (6) em Júlio Mesquita (cerca de 30 quilômetros de Marília). O autor do crime, o comerciante Ismael Firmino, de 53 anos, foi preso.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), vítima e acusado teriam se desentendido no bar e entrado em luta corporal. Araújo se armou com uma faca e atingiu Firmino na mão esquerda.

O comerciante conseguiu tomar a arma do pintor e desferiu um golpe no tórax. Araújo foi socorrido para o Hospital das Clínicas (HC) de Marília, mas não resistiu ao ferimento e morreu durante o atendimento médico.

Firmino foi preso por policiais militares após também passar por atendimento médico. O comerciante foi indiciado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado e recolhido para a penitenciária de Marília. A pena pode chegar até 30 anos de prisão em regime fechado.