Peugeot lança novo 208 na Argentina e promete motor turbo para 2021

O modelo, que é produzido na unidade de El Palomar, nas proximidades de Buenos Aires, chega ao Brasil em breve. O G1 já andou em uma versão de pré-produção.

A Peugeot lançou a nova geração do 208 na Argentina na última terça-feira (25).

O modelo, que é produzido na unidade de El Palomar, nas proximidades de Buenos Aires, chega ao Brasil em breve. O G1 já andou em uma versão de pré-produção.

Pela proximidade dos dois mercados, é possível imaginar que as configurações para o mercado do país vizinho sejam semelhantes às que a fabricante adotará por aqui. A empresa ainda não confirmou essas informações.

Motores e versões

Na Argentina, o 208 será vendido com motorizações 1.2 de 3 cilindros naturalmente aspirada de 82 cavalos e 1.6 de 4 cilindros, também aspirada, de 115 cv.

Os preços vão de 1,3 milhão de pesos a 1,84 milhão de pesos. Na conversão direta para o real, os valores são de R$ 99,3 mil até R$ 139,9 mil. A partir de janeiro, a marca também irá oferecer uma versão com o inédito motor 1.2 turbo de 130 cv.

A Peugeot dividiu a linha do 208 em 7 versões, combinando os motores (1.2 e 1.6) com duas transmissões (manual de 5 marchas e automática de 6 marchas) e quatro padrões de acabamento. São elas: Like, Active, Allure e Feline.

Todas trazem de série: 4 airbags, controles de tração e estabilidade, assistência de partida em rampas, luz de rodagem diurna, direção elétrica, controle de velocidade, volante com regulagens de altura e profundidade, central multimídia (de 5 ou 7 polegadas), ar-condicionado e vidros elétricos nas 4 portas.

A versão mais equipada conta ainda com faróis full LED, luzes diurnas (também em LED), detector de fadiga, frenagem automática de emergência, alerta e correção de permanência em faixa, 6 airbags, assistente de farol alto e reconhecimento de sinais de trânsito e câmera de ré com 180° de visão.

A Peugeot também confirmou que tal lista de euipamentos será a mesma da configuração topo de linha que será vendida no Brasil. Com isso, o 208 de se tornar o hatch compacto mais equipado do segmento.

As únicas outras informações confirmadas pela Peugeot para o 208 brasileiro é que ele terá o motor 1.6 aspirado debaixo do capô, mas em versão flex, que entrega até 118 cv e 16,1 kgfm de torque, quando abastecido com etanol. Ele será "casado" com o câmbio automático de 6 marchas.

Também é certa a chegada da versão elétrica, chamada de e-208. Ela traz um motor de 136 cv de potência e 26,5 kgfm de torque, e pode ir de 0 a 100 km/h em 8,1 segundos.

O 208 argentino tem 4,06 metros de comprimento, 2,54 m de entre-eixos, 1,74 m de largura, 1,45 m de altura e 311 litros de volume no porta-malas. É provável que as medidas se mantenham no carro brasileiro.