Protocolo de segurança proíbe imprensa de acompanhar treinos dos clubes da A-3

Protocolo para jogos ainda será elaborado, mas também com restrições para cobertura

Por Jorge Luiz/foto: Arquivo JM

 

A volta aos treinamentos das equipes que disputam o Campeonato Paulista da Série A-3 acontece no dia 17 de agosto. De acordo com o protocolo de segurança, discutido entre os médicos das 16 agremiações na reunião da última quarta-feira à noite (dia 29), a imprensa não poderá acompanhar os trabalhos. O site ‘Esporte Jundiaí’ teve acesso ao documento e o assunto está na página 4.

No trecho, o protocolo de segurança diz que: “É proibida a presença de jornalistas nos treinos e concentrações, exceção somente aos próprios profissionais de mídia e imprensa dos clubes devidamente incluídos neste protocolo”. Ou seja, jornalistas, radialistas, fotógrafos e equipes de televisão estão vetados. Somente a imprensa oficial dos times poderá acompanhar os treinamentos.

Chefe do departamento médico do Marília Atlético Clube (MAC), o ortopedista Marcos Vinícius Muriano, afirmou que a reunião não foi abordado esse assunto sobre o trabalho a imprensa. “Não foi falado nada sobre isso, talvez estejam publicando com base no que foram os protocolos das séries A-1 e A-2. O documento oficial da A-3 será entregue a nós até sexta-feira ou no começo da próxima semana”.

Ainda segundo o site, o protocolo para jogos ainda será elaborado e deverá ser bastante semelhante ao da Série A-1. Se for seguido à risca, grande parte da imprensa não poderá acompanhar as partidas do estádio. A cobertura será limitada a profissionais de imprensa das emissoras detentoras de direitos de transmissão, além das assessorias de imprensa dos clubes.

 

Protocolo em duas etapas – Marcos Vinícius Muriano falou que na reunião da última quarta, junto ao Comitê Médico da Federação, o protocolo de segurança foi dividido em duas etapas e que a primeira foi voltada para o retorno das atividades, que ocorrerá dia 10 de agosto com os testes da Covid-19 e dia 17 com os treinamentos.

“Ficou acordada a primeira etapa, com a reapresentação e treinos. Neste primeiro momento foi definido algumas questões relacionadas a treino, não aos jogos. Posteriormente será divulgada a segunda etapa, que será das partidas, porque ainda haverá algumas discussões”, comentou.

Uma nova reunião será marcada futuramente para discussão do protocolos de partidas.

“Para os jogos a gente está esperando duas coisas. Primeiro estamos vendo como serão as séries A-1 e A-2, como vão se comportar, porque esse protocolo da A-3 é baseado nas duas divisões acima. Segundo, nós ainda não sabemos como vão estar as cidades dos clubes envolvidos. A Federação só vai liberar jogos nos municípios que estejam na ‘Fase Amarela’ do Plano São Paulo. Como o reinício da Série A-3 será apenas no dia 20 de setembro, até lá muita coisa vai acontecer. Por isso não temos como definir nada agora”, avisou o chefe do departamento médico maqueano.

Marcos Muriano garantiu que o MAC está preparado para atender as exigências do protocolo.

“Em relação aos treinos, o Marília tem total condições de adaptar ao protocolo que será preconizado. Primeira fase serão os testes com os atletas e os treinamentos individualizados. Na segunda fase, aproxima o treinamento em grupo e vai aumentando a carga do treino. Os atletas não vão se apresentar todos nas mesmas condições, então a gente precisa ter uma programação de treinamento”.