Corinthians encara sensação Bragantino para seguir na busca pelo tetra

Atacante Jô fará hoje sua reestréia pelo Timão, no Morumbi

“Deixaram a gente chegar”. A expressão tem sido usada por torcedores do Corinthians desde que a equipe garantiu classificação às quartas de final do Campeonato Paulista, algo tão improvável no cenário que se apresentava antes da paralisação da competição devido a pandemia do coronavírus.

Hoje, às 19 horas, o atual tricampeão coloca sua força à prova diante do Red Bull Bragantino, justamente o time que terminou não só na liderança do Grupo D, o mesmo dos corintianos, como também de toda a primeira fase. O confronto será no Morumbi e em duelo único. Em caso de empate, a definição do semifinalista sairá após uma disputa de pênaltis.

O Corinthians, que não cai em mata-mata no Estadual desde o revés para o Audax, em 2016, não poderá contar com Mauro Boselli, que fraturou a face, e dificilmente terá Everaldo à disposição, por causa de dores na coxa. Em compensação, Jô fará a tão aguardada reestreia no comando do ataque, que deve ter Mateus Vital pela ponta esquerda, e não Janderson, que entrou mal nos últimos dois jogos.

No meio, apesar de Victor Cantillo estar de volta, o colombiano deve iniciar no banco de reservas por causa do período de inatividade. Ederson, que entrou e agradou contra Palmeiras e Oeste, deve ficar com a vaga de Camacho.

Para enfrentar a equipe de Tiago Nunes, o Braga contará com atletas que já passaram pelo Corinthians em seu elenco. Alguns, inclusive, têm papel importante na equipe titular, como o goleiro Júlio César e o meia Matheus Jesus, que ainda tem vínculo com o Timão.

 

Bragantino - Júlio César; Aderlan; Fabrício Bruno, Ligger e Edimar (Luan Cândido); Ricardo Rayller, Weverson (Vitinho) e Matheus Jesus; Artur, Morato e Ytalo. Técnico: Felipe Conceição.

 

Corinthians - Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Carlos; Gabriel, Ederson, Ramiro e Luan; Mateus Vital e Jô. Técnico: Tiago Nunes.