Ciência no cotidiano: Viva a razão. Abaixo a ignorância!

O simples fato de vivermos no século XXI já nos faz beneficiários da ciência e dos seus frutos, mesmo que a gente não se dê conta dessa verdade.

O simples fato de vivermos no século XXI já nos faz beneficiários da ciência e dos seus frutos, mesmo que a gente não se dê conta dessa verdade.

Os objetos que nos dão conforto, que nos dão prazer, que nos transportam, que nos emocionam, que nos informam (até este livro) só existem da forma como existem por conta dos conhecimentos científicos.

O cidadão que ignora fatos científicos básicos pode se tornar presa fácil de curandeiros e charlatões, gente que mente para os outros e, não raro, para si mesma.

 O livro Ciência no cotidiano: Viva a razão. Abaixo a ignorância! (Editora Contexto, 160 páginas) reapresenta diversos dos conceitos, fatos e ideias da ciência que encontramos todos os dias, sem perceber.

De por que ser importante lavar as mãos à ligação íntima que existe entre os aplicativos de localização dos celulares e o núcleo de galáxias distantes, passando por um pouco de matemática, probabilidade e história.

Existe uma divertida questão filosófica sobre se os peixes “sabem” que estão imersos em água. Afinal, a água está por toda parte, é transparente e a maioria deles nunca tem experiência de outra coisa. O objetivo dos autores de "Ciência no cotidiano" é tornar visível para você a “água” da ciência em que todos nos encontramos imersos, que nos alimenta e que respiramos sem perceber. Ampliar a consciência de alguns “peixes”, por assim dizer.

Os autores

Natalia Pasternak é bióloga, PhD em genética de microrganismos, pesquisadora do Instituto de Ciências Biomédicas da USP, presidente do Instituto Questão de Ciência e publisher da revista Questão de Ciência. Escreve também para o Genetic Literacy Project.

Carlos Orsi é jornalista formado pela Escola de Comunicação e Artes da USP, cofundador e editor-chefe da revista Questão de Ciência. Ex-editor de Ciência e Meio Ambiente do Portal Estadão, ex-colunista da revista Galileu e do Jornal da Unicamp. Autor de três livros de divulgação científica.