MAC libera meia para clube carioca e aguarda pagamento de multa

Luciano Naninho estava no Madureira e vai defender o Volta Redonda no Brasileiro da Série C

Por Jorge Luiz/foto: Divulgação

 

A diretoria do Marília Atlético Clube (MAC) aceitou liberar o meia Luciano Naninho do pré-contrato assinado, já que o Volta Redonda-RJ se dispôs a compensar financeiramente o Alviceleste. De acordo com o vice-presidente maqueano, Alysson Alex Souza Silva, o valor a ser pago pelo time carioca não será o da multa rescisória, que é de R$ 300 mil, porém a quantia oferecida agradou.

“Também liberamos o atleta, porque era um desejo dele ficar no Rio de Janeiro. Isso aconteceu a uns cinco dias. Ainda não recebemos nenhum centavo pela liberação, mas estamos no aguardo. A liberação oficial só irá acontecer quando o Volta Redonda assinar o acordo feito com a gente. Não vou revelar os valores por ética, mas iremos receber de forma parcelada”, explicou o dirigente.

Luciano Naninho tem 28 anos e defendeu o Madureira no Campeonato Carioca. Foram nove partidas realizadas. No ano passado, o meia jogou no Volta Redonda por empréstimo no Brasileiro da Série C (15 jogos e dois gols) e com a liberação do Marília, vestirá a camisa do clube carioca novamente na 3ª Divisão do Nacional. Revelado pelo Vasco, o atleta só jogou no futebol carioca, tendo passagens também por: Bangu e Barra da Tijuca.

 

Outro meia na pauta – Para repor a saída de Luciano Naninho, a diretoria maqueana está atrás do meia Leílson, de 29 anos, que estava no América-RN. O empresário do atleta, Daniel Coracini, confirmou que o atleta foi procurado, mas que ainda não chegou uma proposta oficial. “Ligaram somente para o jogador e perguntaram se ele tinha o interesse de defender o Marília. Ele disse que sim e ficaram de enviar a proposta. Além dessa, ele teve uma outra sondagem e uma oferta oficial. Os nomes dos clubes eu não posso dizer, mas não são de São Paulo”, revelou.

Leílson foi revelado pelo Vitória-BA e teve passagens por: Águia de Marabá-PA, Atlético CP (Portugal), Londrina-PR, São José-RS, Atlântico-BA, Brusque-SC, Juventude-RS, CRB-AL, Caxias-RS, Atlético Tubarão-SC e América-RN, onde realizou apenas cinco jogos nesta temporada. Para a função de meia e meia-atacante, o MAC tem até o momento: Mossoró (Novo Hamburgo-RS) e Kelvy (remanescente).

A diretoria maqueana anunciou que não irá liberar mais nenhum atleta que esteja com o pré-contrato assinado. Ontem, o vice-presidente citou que o zagueiro Moisés Lucas, que atua pelo Novo Hamburgo-RS no Gaúchão, recebeu uma proposta do futebol do Kuwait. “Outros dois atletas que estão em atividade por outros estaduais também estão sendo assediados, mas quem quiser leva-los terá que pagar a multa rescisória”, garantiu.

O elenco do Marília tem até o momento 22 jogadores, sendo dez remanescentes: os goleiros Thiago Moraes, Igor Castro e Felipe Mosquete; o lateral-esquerdo Edu Pina, os volantes Fabrício e Levi; o meia-atacante Kelvy e os atacantes Wellington, Lucas Formiga e Gustavo Nescau.

 

Dos 12 reforços, sete já tiveram suas identidades reveladas: lateral-direito Everaldo Potiguar (PSTC-PR), zagueiro Moisés Lucas (Novo Hamburgo-RS) e Victor Souza (Cabofriense-RJ), volantes Léo Couto (PSCT-PR) e Junior Santos (Macaé-RJ); meia Mossoró (Novo Hamburgo-RS) e centroavante Tito (América-RN).