Eicma 2020, o Salão de Milão das motos, é cancelado por causa do coronavírus

O Salão de Milão 2020, conhecido como Eicma, foi cancelado por causa do coronavírus. Maior e mais importante evento de motos, a feira era uma das únicas do setor de veículos que ainda não havia sido oficialmente cancelada.

O Salão de Milão 2020, conhecido como Eicma, foi cancelado por causa do coronavírus. Maior e mais importante evento de motos, a feira era uma das únicas do setor de veículos que ainda não havia sido oficialmente cancelada.

Além do Eicma, o Salão de Colônia (Intermot) também teve sua edição do ano cortada. Os salões de Genebra, Detroit, Nova York e Paris foram outros que não serão realizados em 2020 por causa da pandemia.

Previsto para entre 3 e 8 de novembro de 2020, o Salão de Milão terá sua 78ª edição entre 9 e 14 de novembro de 2021. "O Salão de 2021 terá um grande valor simbólico e esperamos que possa contribuir para fazer com que os fãs e todo o setor de duas rodas esqueçam essa situação difícil e excepcional", disse Pietro Meda, presidente do conselho de administração do Eicma.