Dupla presa pela PM confessa autoria de roubo, mas é liberada por delegado

Bolivar dos Santos Junior justificou que acusados não estavam em situação flagrancial e que arma apreendida não foi encontrada em seu poder

Por Matheus Brito /Fotos: Divulgação

Um desempregado, de 20 anos, e um ajudante de eletricista, de 23 anos, foram presos por policiais militares na noite de quinta-feira (2) acusados da autoria do assalto em um supermercado na avenida Maria Fernandes Cavalari, no Jardim Cavalari, na zona Oeste de Marília.

O crime ocorreu por volta das 10 horas. A dupla invadiu o supermercado e armada com uma espingarda rendeu proprietário e funcionários. Os assaltantes roubaram R$ 3 mil em dinheiro do caixa, além de pulseira e correntes de ouro do comerciante.

Na fuga, os criminosos ainda roubaram uma bicicleta e seguiram em direção ao Jardim Universitário. O assalto foi filmado por câmeras de segurança do supermercado.

Com as características dos criminosos, policiais militares surpreenderam os criminosos por volta das 21 horas na rua Doutor Mário de Albuquerque Lima. A dupla confessou a autoria do assalto e indicou que arma utilizada estava escondida em um terreno baldio. Buscas foram realizadas e encontraram a espingarda.

Os policiais militares também apreenderam a bicicleta roubada para a fuga, mas não encontraram o dinheiro levado na ação criminosa.

O desempregado e o ajudante de eletricista foram levados para a Central de Polícia Judiciária (CPJ) e liberados após prestar depoimento. O delegado Bolivar do Santos Junior justificou a soltura afirmando “que os acusados não estavam mais em situação flagrancial e que a arma encontrada não estava em seu poder”.

Os dois rapazes devem ser indiciados pelo crime de roubo e podem pegar uma pena de até dez anos de prisão em regime fechado.