Crimes de homicídios caem 20% no 1º semestre em Marília

Apenas um dos assassinatos ainda não teve autoria esclarecida pela Polícia Civil

Por MATHEUS BRITO: FOTO: Marília Notícias

Os crimes de homicídios apresentaram redução no primeiro semestre do ano em Marília. Levantamento feito pela reportagem do Jornal da Manhã aponta que os casos de assassinato caíram 20% em comparativo com o mesmo período do ano passado.

Os números apontam que nos seis primeiros meses do ano foram registrados oito crimes de homicídios contra dez no mesmo período de 2019. De todos os crimes, apenas a morte do estudante William Meira Requena, de 17 anos, ocorrida em fevereiro, ainda permanece sem solução.

Das oito mortes violentas registradas em Marília, duas também foram tipificadas como feminicídio. O número é idêntico ao contabilizado no primeiro semestre do ano passado.

O perfil das vítimas desse ano também é similar ao do ano passado. Os números apontam 62,5% (5) dos assassinados tinham até 23 anos. Em 2019, os dados indicam que 60% (6) dos mortos também eram jovens com até essa idade.

O mapa da violência feito pelo JM indica ainda o mês de março com maior incidência de crimes de homicídio, com 37,5% (3). Abril vem na sequência com 25% (2) dos casos, enquanto janeiro, fevereiro e junho tiveram 12,5% (1) cada. Já maio não contabilizou nenhum assassinato.

Os dados apontam também que 50% (4) dos homicídios registrados no ano ocorreram em bairros ou distritos da zona Norte de Marília. As regiões Sul e Oeste contabilizaram 25% (2) cada dos delitos, enquanto Leste e Central ainda não tiveram mortes violentas.